Mieth MadeirasBlumen Platz Center - Outubro de 2015Água Kangen
Por Donato Heinen. Publicado em 19/06/2020

Notas e Apartes nº 1.358

Coluna publicada no jornal Gazeta Regional de 17-6-20


Reeleição – Lideranças do MDB de Santo Cristo mantiveram diversas reuniões com o prefeito Adair Philippsen no intuito de convencê-lo a concorrer a um segundo mandato. Ele disse que vai avaliar o pedido. Para buscar subsídios para sua decisão, o prefeito consultou 14 pessoas de seu círculo de amizades e sem vínculo direto com o partido. O apelo para que submeta seu nome ao eleitorado visando um novo mandato foi quase unânime. Philippsen deve tomar uma decisão nas próximas semanas. A expectativa do eleitorado é grande para saber qual será a deliberação do prefeito.

Auxílio - Em decorrência da perda de milhões de empregos em razão do novo coronavírus, o governo federal destinou um auxílio financeiro de três parcelas de 600 reais para as pessoas que se enquadram em critérios estabelecidos em lei. Segundo o IBGE, temos 209,5 milhões de habitantes. O governo informou que 107 milhões de pessoas se inscreveram para receber o auxílio. Destes, 56,6 mi de pedidos foram atendidos e 50,4 mi negados. Temos 30 milhões de aposentados, 57,6 mi de menores de 18 anos e 11,5 mi de servidores públicos – totalizando 99,1 mi de categorias que não se enquadram nos requisitos para receber o dinheiro. Somando tudo, temos 206,1 milhões de pessoas. Sobram apenas 3,4 mi para completar os 209,5 milhões de habitantes. Ou seja, temos aí dezenas de milhões de pessoas que não têm direito e tentaram receber o auxílio. Além de centenas de milhares de pessoas que o receberam sem atender os requisitos legais.

Percentuais - Em nível de país, 27,01% da população recebeu o auxílio. Em Santo Cristo, no mês de abril, de acordo com os dados disponibilizados no Portal da Transparência do governo federal, 1.551 moradores foram beneficiados (10,89%). Em Alecrim, são 18,72%, e em Porto Vera Cruz, o índice sobe para 23,08% da população. Divulguei os números em meu portal (www.grandesantarosanoticias.com). Não estou julgando se alguém recebeu o dinheiro de forma indevida ou não. Isso fica a cargo da consciência de cada um. Estou apenas divulgando informações disponibilizadas a todos os interessados pelo governo.

  Restrições – Embora o Rio Grande do Sul não esteja entre os piores estados em termos de restrições impostas ao funcionamento das atividades em decorrência do covid-19, estamos longe do ideal e do racional. Governadores de Minas Gerais e Mato Grosso do Sul, entre outros, delegaram aos prefeitos as decisões sobre o que pode ou não funcionar em seus municípios. Afinal, são eles que melhor conhecem a realidade local.

Governador – Eduardo Leite dividiu o Estado em regiões, com uma cor de bandeira para cada uma, de acordo com maior ou menor risco. Esta semana, várias regiões – como a de Santo Ângelo, passaram para a bandeira vermelha (risco alto), em lugar da laranja (médio). Se em Santo Ângelo as condições pioraram, por que pequenos municípios das Missões e de outras regiões do RS, que sequer têm um caso da doença e muito menos um óbito, devem sofrer as mesmas restrições? São medidas absurdas assim que revoltam prefeitos e moradores. Com razão, os prefeitos estão indignados com a decisão de fechamento do comércio, o que acaba causando milhares de novos desempregados e a falência de pequenas empresas.

Desculpas – Em vez de impor novas restrições de forma generalizada para pequenos e médios municípios, causando prejuízos absurdos, o governador Eduardo Leite deveria pedir desculpas aos moradores dessas cidades pelos milhões de reais em prejuízos e dezenas de milhares de desempregados causados durante as quatro semanas de fechamento do comércio, indústrias e serviços, de forma equivocada, entre os meses de março e abril.

Donato Heinen

 
Representações BirckRepresentações Birck - 1 Filtros EuropaCotrio - Logomarca
Cotrio - LogomarcaFiltros EuropaRepresentações Birck - 1 Representações Birck