Mieth MadeirasBlumen Platz Center - Outubro de 2015Água Kangen
Por Grande Santa Rosa Notícias. Publicado em 06/07/2020

Lava-jato, orgulho nacional

Por Ivar Hartmann


A grande imprensa brasileira se divide em a favor ou contra o presidente Bolsonaro. Então, não é isenta, primeira condição para um leitor poder ler ou ver e saber que não é logrado pela propaganda do governo ou pelos esquerdistas que querem voltar a desgovernar. Por isso, tenho lido jornais locais ou o Crusoé brasileiro, o El País, espanhol, a Deutsche Welle, alemã, e o Euronews, europeu, canais de informação que me parecem isentos. Os canais internacional quando nominam o Brasil comentam das falcatruas apuradas dos governos Lula/Dilma com seus parceiros do Congresso Nacional, protegidos por ministros do STF vinculados ao PT. Do outro lado, como contraponto a bandidagem, citam como exemplo de combate mundial a corrupção, a Lava-Jato, chegando a usar um termo "República de Curitiba", lembrando a República de Platão e as ações de homens justos e honestos. Ora, se os da Lava-Jato são conhecidos mundialmente por pessoas sérias, competentes e honestas, obviamente seus contrários são o contrário. Seus inimigos são os inimigos da lei e da honra.

E aí aparece um adventício, o procurador-geral da República, Augusto Aras, nomeado por decisão de Bolsonaro, certamente ouvindo os filhos e seu guru estrangeiro, sem nenhum vínculo com a Lava-Jato e suas equipes de procuradores operando em vários estados do Brasil e que quer levar todas as diligências e inquéritos para Brasília, para seu gabinete, criando tumulto e protelando feitos que envolvem apenas os mais ricos e poderosos ladrões do Brasil. Ou seja, os pobres continuarão indo para a cadeia e os ricos e protegidos do Congresso Nacional e por leis que protegem os corruptos, voltarão à impunidade. E a imprensa internacional vai, mais uma vez, mostrar que os brasileiros são um povo latino-americano, conhecido pelos altos graus de corrupção. E nisso entra o Procurador Augusto Aras, com suas últimas providências. Não duvido de sua honestidade. Nem de sua inteligência. Porque agindo assim ele sabe que Bolsonaro irá nomeá-lo Ministro do STF. Duvido, sim, de seu patriotismo.

ivar4hartmann@gmail.com 

Representações BirckRepresentações Birck - 1 Filtros EuropaCotrio - Logomarca
Cotrio - LogomarcaFiltros EuropaRepresentações Birck - 1 Representações Birck