Magazine RennerMieth MadeirasBlumen Platz Center - Outubro de 2015
Por Adair Philippsen. Publicado em 13/01/2013

FlATOS EM FlOCOS (DETRÁS DA MANCHETE)

Coluna do dr. Adair Philippsen. A notícia em forma de humor.

PT DIZ QUE GURGEL DEU “TIRO NO PÉ”

(Correio do Povo de 12/1/2013)

Por meio de nota divulgada na imprensa do centro do país, o PT informou que o chefe do Ministério Público Federal, Roberto Gurgel, responsável pelas acusações no processo do mensalão, foi atingido no pé por um disparo de arma de fogo.

O fato ocorreu durante a madrugada em Brasília, no interior do apartamento residencial do procurador. Ainda segundo a nota, o estampido teria sido ouvido por um dos moradores do prédio, o deputado Cândido Vaccarezza, ex-líder do governo Lula na Câmara. Por telefone, o parlamentar acionou a Polícia Federal, que compareceu ao local acompanhada de equipe de paramédicos. Gurgel recebeu os primeiros-socorros no próprio apartamento e depois foi removido para um dos hospitais da capital federal.

Lúcido, porém sangrando muito, o procurador informou aos policiais que foi vítima de atentado por dois mascarados que invadiram seu apartamento e que fugiram depois do disparo efetuado por um deles “por engano”. A versão de Gurgel deu origem à nota do PT, que diverge da informação do procurador. Pela nota, Gurgel deu um tiro no próprio pé. O chefe da investigação nada pôde adiantar:

Temos que esperar o resultado do laudo médico, para verificar a natureza da lesão. Por ora, trabalhamos com três hipóteses: atentado, tiro acidental ou mesmo uma bizarra tentativa de suicídio.

***

SERRA RECEBEU 5,7 MILHÕES DE VISITANTES

(Correio do Povo de 12/1/2013)

O próprio José Serra, fanático usuário da rede social, divulgou o surpreendente número de seguidores: mais de 5,7 milhões de visitantes em sua conta no twitter. Serra (do PSDB) concorreu a prefeito de São Paulo em outubro do ano passado e foi derrotado no segundo turno por Fernando Haddad (PT), quando obteve 2,7 milhões de votos contra 3,3 milhões do prefeito eleito.

Em resposta, o petista Haddad não perdeu a oportunidade de alfinetar:

– Se tivesse transformado cada visita em voto, ele seria eleito quase por unanimidade.

***

“SEM COLHER DE CHÁ”, DIZ MINISTRO

(Zero Hora de 9/1/2013)

O Ministério da Educação não poupará na merenda para os alunos da rede pública. “Será uma transformação que ninguém imaginaria há algum tempo, mas é a prova de que o governo está disposto a tratar a educação como prioridade máxima.” Conforme Aloizio Mercadante, ainda antes do início do ano letivo, será recolhida toda e qualquer colher de chá encontrada nas escolas públicas. Só permanecerão colheres de sopa para as refeições dos alunos, com o objetivo de facilitar a alimentação, que Mercadante anuncia que será abundante.

O fim da colher de chá repercutiu na oposição. O senador Cristovam Buarque, profundo conhecedor do assunto, afirmou que “a medida não chega a ser sequer um paliativo para melhorar a posição do país no ranking mundial de educação, onde ocupa a 88ª posição”. E acrescentou: “Além disso, pode vir a causar obesidade nos alunos, se estes passarão a se alimentar exclusivamente com colher de sopa, pois serão maiores as porções levadas à boca.” Ao comentar a crítica de Buarque, o ministro rebateu:

Ainda prefiro alunos obesos, a exemplo dos americanos, a raquíticos.

***

GATOS PARA ADOÇÃO

(Correio do Povo de 8/1/2013)

Jovens esposas frustradas com o casamento criaram um canal na internet para disponibilizar seus maridos. A coordenadora, identificada apenas como Kilyah, diz que o movimento “de disponibilização dos gatos ainda está engatinhando”, por isso “só há uma opção, por ora, para cada interessada”. E se justifica:

A oferta, aparentemente reduzida, não carrega nenhuma parcela de ciúme de quem quer se livrar do fardo. Longe disso. É que a demanda vem num crescendo que não imaginávamos quando tivemos a ideia.

No sítio gatosparadocão@miau.brrrr.comeu, as interessadas encontrarão a lista dos gatos com fotografias dos mais diversos ângulos e discriminadas por idade, peso, altura, cor dos olhos, coloração dos cabelos, medidas do queixo e dos bíceps, tatuagens, time preferido, opção partidária e sexual, com destaque para o  tamanho dos sapatos e a conta bancária.

A massiva procura já chamou a atenção do Procon. Mas Kilyah faz questão de ressaltar:

– Não damos nenhuma garantia e nem prazo de validade.

***

GAÚCHO ASSUME CARGO NO MAPA

(Correio do Povo de 4/1/2013)

Brasília  anda de ressaca pelo palpite errado dos Maias ou acredita que isso que está aí é o fim de mundo. É a única explicação para a nomeação do gaúcho Gumercindo Salústio Reis dos Reis assumir cargo no mapa. A notícia foi recebida com incredulidade inclusive nas sedes dos CTG’s de todo o Estado. “Não pode ser”, é o que mais os patrões repetiam por celular e internet. Foi preciso Gumercindo exibir a portaria publicada no Diário Oficial para convencer a todos.

A partir daí, uma onda de euforia varreu o Rio Grande de ponta a ponta. O folclorista Paixão Côrtes, que, segundo ele próprio, andava “meio adoentado”, declarou: “saltei dos pelegos e me grudei no tal celular”, para mobilizar e reunir os CTG’s em Porto Alegre em assembleia extraordinária. Partirão tradicionalistas, a cavalo, das mais diversas regiões. Já confirmaram presença comitivas de cavalarianos das Missões, Fronteira Oeste, Sul, Centro e Campos de Cima da Serra. O movimento todo é para convencer Gumercindo a alterar o mapa da Terra Brasilis e dele excluir o Estado, tornando-o país independente, o sonho alimentado desde a Revolução Farroupilha.

O entusiasmo da gauchada é tanto que já se fala em eleição para presidente no novo país. Paixão Côrtes, por sua natural autoridade, deve coordenar o pleito. No mínimo três candidatos a candidato admitiram a possibilidade de concorrer: Bagre Fagundes, Gaúcho da Fronteira e, contando com o futuro apoio de Dilma e Cristina Kirchner, a gaiteira Berenice Azambuja. Mas, até a concretização do sonho, toda a atenção se volta para Gumercindo e nele é depositada a esperança de que, em seu cargo, modifique o mapa, tornando o Rio Grande um país apartado do Brasil.

Imobiliária Cerro AzulRepresentações BirckRepresentações Birck - 1 Cotrio - Logomarca
Cotrio - LogomarcaRepresentações Birck - 1 Representações BirckImobiliária Cerro Azul