Magazine RennerMieth MadeirasBlumen Platz Center - Outubro de 2015Mieth MadeirasGigabyte - VIII EXPOAGRO - 11-3-19 - Banner 950X200 (GESSINGER)
Por Coluna da Alma. Publicado em 29/08/2013

CASTELO DE WARTBURG

Coluna da ALMA publicada nos jornais de Santo Cristo em 30-8-13

Integrado pela UNESCO, em 1999, à lista do Patrimônio Mundial devido aos seus valores culturais de significado universal como um monumento excepcional do período feudal na Europa Central, o Castelo de Wartburg tem vista privilegiada para a cidade de Eisenach, no Estado da Turíngia, na Alemanha.

Conhecemos o castelo no final de julho de 2012, quando a Luciana e eu percorremos 9.659 km de carro em dez países da Europa, entre eles a Alemanha. O Schloss von Wartburg é um ponto turístico muito bonito e visitado por turistas do mundo inteiro.

As principais causas das reformas religiosas tiveram início no século XVI e foram desencadeadas devido aos abusos cometidos pela Igreja Católica e também objetivando uma mudança na visão de mundo.

A partir do final da Idade Média, houve uma perda gradativa de identidade por parte da Igreja Católica considerando que as preocupações materiais estavam se sobrepondo à religiosidade. Grande parcela da população estava insatisfeita com os rumos da Igreja. Os clérigos católicos condenavam o lucro e os juros, enquanto o papa vendia indulgências para arrecadar dinheiro destinado à construção da basílica de São Pedro, em Roma.

Registra a história que o monge alemão Martinho Lutero afixou na porta da igreja de Wittenberg, junto ao castelo, as 95 teses que criticavam vários pontos da doutrina católica. Lutero foi um dos primeiros a contestar fortemente os dogmas da Igreja Católica.

Em suas teses, ele condenou a venda de indulgências e propôs a fundação da religião luterana. Segundo Lutero, a salvação do homem decorria dos atos praticados em vida e pela fé. Mesmo sendo contrário ao comércio, contou com expressivo apoio de príncipes e reis da época. Martinho também condenou o culto a imagens e revogou o celibato em suas teses. 

Convocado pelo imperador Carlos V a desmentir as teses, em 16 de abril de 1521, Lutero não só defendeu suas 95 teses como ainda mostrou a necessidade da reforma da Igreja Católica.

Os avanços do protestantismo e a perda de fiéis por parte da Igreja Católica desencadearam o Concílio de Trento, realizado na cidade italiana de Trento para traçar um plano de reação. Entre outras definições, o Concílio decidiu pela retomada do Tribunal do Santo Ofício com a chamada Inquisição, punindo e condenando os acusados de heresias.

Em vários países europeus, as minorias religiosas foram perseguidas e o radicalismo originou conflitos como a Guerra dos Trinta Anos (1618-1648), que colocou católicos contra protestantes por motivos religiosos.

O Dia da Reforma Protestante é comemorado em 31 de outubro em referência ao dia 31 de outubro de 1517, quando Lutero pregou suas 95 teses na porta da igreja de Wittemberg.

Donato Heinen

Representações BirckRepresentações Birck - 1 Filtros EuropaCotrio - Logomarca
Cotrio - LogomarcaFiltros EuropaRepresentações Birck - 1 Representações Birck