Magazine RennerMieth MadeirasBlumen Platz Center - Outubro de 2015
Por Coluna da Alma. Publicado em 16/03/2013

Recanto da mentira

Coluna da ALMA publicada nos jornais de Santo Cristo

Poesia feita a pedido para o amigo, Édio Auth, para declamar no Paraná, no recanto da mentira.


Boa noite, Paraná, com um verso de chegada,

Sem mentira, caboclada, neste recanto sagrado.

Que só se fala a verdade, a mentira não tem vez,

E um abraço apertado deste gaúcho cortês.


Pediram-me este verso, o momento é especial,

Mas não me levem a mal, mentir não é o meu forte.

Sou que nem o vento norte, quando sopra a chuva vem,

Gosto muito do Rio Grande, mas aqui me sinto bem.


Menos de um dia de viagem para chegar até aqui.

O Rio Grande é logo ali, conheço bem o caminho.

Não sou de ficar sozinho, gosto muito de um apego,

De amigos e mulher bonita, para me dar o aconchego.  


Mas voltando à verdade, me despertei no momento,

Como voa o pensamento quando declamo poesia.

O verso foi a la cria, no relincho do cavalo,

A vida pode dar pealo, a quem tem mente vazia.


O recanto da mentira, como fui apelidado,

Neste local proclamado, a verdade nua e crua.

Por isso se continua erguendo este recinto,

Somente com a verdade, pois como disse não minto.


Despeço-me neste instante, deixando minha saudação,

De um gaúcho rio-grandense, que honra a tradição.

Aos amigos do recinto, um forte aperto de mão,

Que tenhamos, neste ano, muita paz no coração. 


Gabriel Noschang



Imobiliária Cerro AzulRepresentações BirckRepresentações Birck - 1 Cotrio - Logomarca
Cotrio - LogomarcaRepresentações Birck - 1 Representações BirckImobiliária Cerro Azul