Magazine RennerMieth MadeirasBlumen Platz Center - Outubro de 2015Mieth MadeirasGigabyte - VIII EXPOAGRO - 11-3-19 - Banner 950X200 (GESSINGER)
Por Alberto Seibert. Publicado em 23/12/2017

Coluna do Beto

Última coluna do colaborador Alberto Seibert

Coluna I

Comecei em 2005 a escrever para o jornal Tribuna Livre. O fiz devido a estar licenciado da OAB e queria me manter escrevendo algo para não perder a prática. No início, tive certa dificuldade, pois era algo novo para mim. Com o tempo fui aprendendo até chegar a um estilo que é meu próprio. Como dito, escrever para um jornal me fez aprender muito. Também acredito que cresci bastante em todos os sentidos. O trabalho sempre foi voluntário, ou seja, sem nenhuma remuneração. Várias vezes comentei com minha esposa que tinha vontade de parar, mas sempre que este pensamento me vinha, aparecia algum leitor para dizer que a primeira coisa que fazia quando recebia o jornal era ler minha coluna. Isso me servia de estímulo para continuar. Também tinha o outro lado da moeda, visto que se eu parasse de escrever a coluna, poderiam as portas se fechar e eu sentir falta da coluna e da comunicação com os leitores. Neste ponto, não acredito que vou me arrepender, pois eu já dei algumas guinadas na vida, fazendo mudanças drásticas, tendo sempre superado com naturalidade as mudanças. Para mim, o passado, sendo bom ou ruim, passou, pois não deixo espaço para arrependimentos ou remorsos.

Coluna II

Ao longo destes doze anos e pouco, sempre tive a preocupação de não ofender pessoas. Sempre procurei escrever, dando o recado, mas evitando nomes ou fatos recentes para que os leitores não fizessem associações ou ilações. Vanglorio-me em poder dizer que não sofri nenhum processo judicial ao longo de todo este tempo. Reclamações foram muito poucas. Uma delas, até hoje não sei do que a pessoa reclamava. Eu imagino que eu deva ter feito algum comentário, sobre um determinado fato e a pessoa ter deduzido que eu estava escrevendo especificamente para ela. Aliás, eu nem sequer conhecia a pessoa que me ligou para reclamar. São coisas que acontecem e que a gente tem que passar por cima, não se deixando abalar. Se eu tivesse errado, não teria vergonha nenhuma de pedir desculpas.

Coluna III

Com relação a gostar ou não gostar do que escrevi ao longo destes anos na minha coluna, imagino que alguns possam não ter gostado. Certamente há quem me rotulou assim ou assado, principalmente quando os assuntos tratavam de política. Na verdade eu faço minhas escolhas, mas nunca deixei de ver o que há de bom em todos os partidos. Estou e estive sempre longe de defender uma única bandeira como sendo a salvadora da pátria. Também vejo com naturalidade pessoas que escrevem e se posicionam de forma diferente da minha.

Coluna IV

Vários são os motivos que me levaram a deixar de escrever. Nenhum tem razões pessoais contra quem quer que seja. Estou parando por vontade única e exclusivamente minha. Na verdade, o excesso de corrupção no nosso país, com o envolvimento de políticos de toda ordem e de todos os partidos, criaram em mim uma certa ojeriza  em relação ao que sempre mais gostei, ou seja, de ler, assistir e ver notícias. O JN, que sempre foi o meu predileto, hoje é o que menos assisto.

Coluna V

Outra razão é que a gente para escrever e tentar agradar a quem lê, necessita sempre estar muito ligado em tudo. Gastei dezenas de bloquinhos de anotações ao longo de todo este tempo, fora os lembretes que coloquei em meu celular. No início eu até tentava memorizar os assuntos, mas quando chegava na hora de escrever, esquecia-me de quase tudo que considerava importante.

Coluna VI

Vamos terminando por aqui, o meu tempo acabou, quem sabe um dia eu queira voltar, mas no momento só penso em parar. Tenho que enfatizar que a direção do TL me procurou para permanecer, porém decisão é decisão. Penso que se deve dar oportunidade a outro(s). Tenho a certeza que não sou insubstituível, há muita gente boa e capacitada por aí. Quero e vou fazer coisas diferentes. Termino desejando um FELIZ NATAL, um ÓTIMO 2018 e que todos vivamos em plenitude e felizes. A gente se vê por ai! Abraço a todos.

Representações BirckRepresentações Birck - 1 Filtros EuropaCotrio - Logomarca
Cotrio - LogomarcaFiltros EuropaRepresentações Birck - 1 Representações Birck