Magazine RennerMieth MadeirasBlumen Platz Center - Outubro de 2015Mieth Madeiras
Por Donato Heinen. Publicado em 07/01/2018

Notas e Apartes 1.232

Coluna publicada no jornal Gazeta Regional de 3-1-18


Foguetório – Faz parte da cultura do brasileiro e de outros povos usar fogos de artifício para comemorar qualquer evento. Desde aniversário, casamento, conquista esportiva, Natal, festejos em geral e, principalmente, o Ano-Novo. Particularmente, não invisto dinheiro nisso e também não detono foguete. Embora na família haja adeptos dessa prática. Não nego que aprecio as belas imagens proporcionadas pelos fogos de artifício. Mas detesto as verdadeiras bombas que alguns explodem em locais indevidos e causam transtornos aos outros.

Enquete – Em seu programa nessa terça-feira, o radialista Zelindo Cancian realizou enquete sobre o tema. Dezenas de ouvintes se manifestaram. A quase unanimidade disse ser contra, principalmente por causa do incômodo causado às pessoas, especialmente aos idosos, e animais. Quem é favor e costuma detonar fogos não se manifestou, evitando se expor. Diversos ouvintes querem que se determinem locais específicos para essa prática. Outros sugeriram que seja editada lei proibindo a fabricação e comercialização desses artefatos. Também houve quem sugerisse que o dinheiro gasto fosse destinado à compra de cestas básicas para pessoas necessitadas.

Mundo – No JN de segunda-feira, foram mostradas dezenas de cidades do Brasil e outros países mundo afora comemorando a chegada do Ano-Novo. Espetáculos muito bonitos, sem dúvida. Muitos apreciam, outros não.

Lugares – Quando era jovem, sonhava um dia conhecer muitas cidades do Brasil, dos demais países da América do Sul e de outros continentes. Graças às prioridades que tracei, consegui viabilizar essa intenção. Vivi uma sensação especial ao ver cidades e lugares conhecidos de boa parte do mundo nessas belas imagens de Ano-Novo. Conheço em torno de 75% das cidades que o JN mostrou na segunda-feira.

Chuva – Segundo os principais institutos meteorológicos mundiais existe previsão da incidência do fenômeno La Ninã no hemisfério Sul neste verão. Isso implica na falta de chuva também por aqui. Até agora, na região, as chuvas estão praticamente normais, embora sua distribuição seja irregular. Mas, infelizmente, nos próximos meses, as principais culturas devem sofrer com a estiagem prevista.

Energia – Já no Sudeste, Centro-Oeste e Norte, chove mais nesse período. O que está possibilitando a recuperação dos níveis das principais barragens que abastecem as grandes cidades e também as hidrelétricas. Com isso, foram suspensas temporariamente as bandeiras tarifárias adicionais que aumentam a conta de energia elétrica devido ao custo maior da produção de energia através das termelétricas.

Balanço – Em pronunciamento realizado no gabinete e transmitido pela imprensa local, o prefeito de Santo Cristo, dr. Adair Philippsen, relatou as principais atividades desenvolvidas pela administração municipal em 2017. Entre as principais ações, merece destaque a economia proporcionada pela redução da máquina administrativa – com apenas duas secretarias e as demais sendo transformadas em coordenadorias – bem como a devolução mensal de metade da remuneração líquida pelo prefeito ao longo do ano. Só aí, foram R$ 62.330,08 economizados.

Acidentes – Nos chamados feriadões, o trânsito de veículos aumenta e o de acidentes também. A quase totalidade causada por imprudência dos condutores. O maior risco é você estar transitando em sua pista e ser atingido por alguém que invade seu espaço.

Donato Heinen

Imobiliária Cerro AzulRepresentações BirckRepresentações Birck - 1 Cotrio - Logomarca
Cotrio - LogomarcaRepresentações Birck - 1 Representações BirckImobiliária Cerro Azul