Magazine RennerMieth MadeirasBlumen Platz Center - Outubro de 2015Mieth Madeiras
Por Donato Heinen. Publicado em 09/01/2018

Notas e Apartes 1.233

Coluna publicada no jornal Gazeta Regional de 10-1-18


Neve – Apesar do tão propalado “aquecimento global”, a neve deste ano no Hemisfério Norte, principalmente no Canadá e Estados Unidos, está castigando a região com mais força. No final de dezembro, os termômetros registraram a incrível marca de 50ºC negativos na cidade de Ontário, Canadá. Já em Nova Iorque, uma das cidades mais visitadas pelos turistas nos EUA, a marca chegou a 10ºC abaixo de zero, com sensação térmica de -16ºC.

Incomum Um fenômeno incomum da natureza foi registrado no domingo, dia 7, no deserto do Saara, na Argélia, Norte da África. Pela quarta vez em 37 anos, a neve chegou às montanhas da cidade de Ain Sefra. As dunas ficaram cobertas de neve pela manhã, mas ela derreteu ao longo do dia. Uma rara massa de ar gelado chegou até a região no final de semana.

Aquecimento – Contrariando a tese dos defensores do aquecimento global, o professor da Universidade Federal de Alagoas Luís Molion afirma que não há aquecimento global, e, sim, esfriamento. "Não existem mudanças climáticas atualmente, o homem não controla, absolutamente, o clima global. Na verdade, vai haver um ligeiro esfriamento global nos próximos 15 anos", declarou Molion. Segundo ele, “os modelos climáticos usados pela maioria dos ambientalistas e climatologistas estão errados”.

Ação humana - "O gás carbônico não controla o clima global, não faz sentido essa discussão toda em cima da emissão de gás carbônico. Ele não é um vilão, não é tóxico, é o gás da vida. Se acabasse o gás carbônico, acabariam as plantas", defende Molion. Apesar da emissão de gás carbônico ter aumentado, as temperaturas médias no mundo têm se mantido. Molion vai além desta tese. "Quanto mais CO2 na atmosfera, melhor. Alguns estudos mostram que se dobrar o gás carbônico, as plantas aumentaram de produtividade. Reduzir as emissões é gerar menos energia elétrica é aumentar miséria e desigualdade no planeta", diz o professor.

Efeito estufa – Segundo tese defendida pelo professor, o efeito estufa não existe, ele nunca foi provado cientificamente. Ele afirma também que a Terra está esfriando e não esquentando. Molion diz ainda que o "esfriamento global já aconteceu no século 20, entre 1943 e 1978, sendo que catástrofes sempre existiram, esteja o clima quente ou frio".

Causas naturais - "O clima varia por causas naturais”, sentencia Molion. Ele afirma que o degelo do Ártico e do Antártico "não está acontecendo e os dados mostram que o gelo já está voltando a subir”. Na Antártica, por exemplo, a situação é muito otimista. De 1979 para cá, o gelo só tem aumentado.

Meio ambiente – Embora a disparidade do discurso ambientalista, o professor Luís Molion não é contrário à preservação do ambiente. "Não é porque acho que o homem não impacta na temperatura da Terra que eu não defenda a conservação ambiental. Eu defendo a conservação, porque é de extrema importância para a humanidade", arremata.

Heinenfest – Participamos da 6ª Heinenfest, em Augusto Pestana, no sábado. A 7ª edição da festa, que reúne descendentes de João Heinen e Emílio Heinen, será em Santo Cristo, dia 12 de janeiro de 2019.

TV digital – Faz um ano que a RBS TV alerta os moradores de 107 municípios da área de abrangência da RBS TV Porto Alegre que no final de janeiro deste ano o sinal analógico será desligado. Apesar do aviso, certamente milhares de telespectadores ficarão sem acesso a TV por não terem instalado um kit de conversão do sinal. Mesmo com centenas de milhares tendo direito ao equipamento de forma gratuita. Impressionante!

Donato Heinen 

Imobiliária Cerro AzulRepresentações BirckRepresentações Birck - 1 Cotrio - LogomarcaSaldanha Prestadora de Serviços
Saldanha Prestadora de ServiçosCotrio - LogomarcaRepresentações Birck - 1 Representações BirckImobiliária Cerro Azul