Magazine RennerMieth MadeirasBlumen Platz Center - Outubro de 2015Mieth MadeirasGigabyte - VIII EXPOAGRO - 11-3-19 - Banner 950X200 (GESSINGER)
Por Donato Heinen. Publicado em 02/01/2019

Notas e Apartes nº 1.284

Coluna publicada no jornal Gazeta Regional de 2-1-19


Superstição – Segundo o Dicionário Online de Português, superstição significa “crendice, crença sem fundamento racional e lógico que, normalmente, se baseia em situações recorrentes ou coincidências eventuais. Crença que faz com que alguém crie certas regras ilógicas, tenha medo de coisas inofensivas ou acredite em coisas sem fundamento. Ação de atribuir sorte ou azar a ações ou coisas. Crença excessiva e sem fundamento em alguma coisa”. A propósito, não acredito em NENHUMA superstição.

Final de ano – Um dos períodos em que mais se acredita em superstição é na virada de ano. Fico impressionado com o número de pessoas que – com o devido respeito a quem pensa o contrário – acreditam nessas crenças. Se na virada de ano você vestir vermelho, azul, marrom ou preto em vez de branco ou amarelo, certamente nada mudará em sua vida por causa disso. E também se comer carne de ave em vez de suíno, da mesma forma isso certamente não fará nenhuma diferença. Assim como tomar banho com água de cheiro ou pular sete ondas, ou deixar de fazê-lo, em nada vai alterar sua vida.

Murmansk – Nos dias 22 e 23 de julho de 2018, a Luciana e eu visitamos a cidade de Murmansk, no extremo Norte da Rússia, já dentro do chamado Círculo Polar Ártico. Vimos o famoso sol da meia-noite, também conhecido como dia polar, que ocorre de 21 de maio até 23 de julho. Já nesta época do ano, se verifica o inverso. O frio se intensifica de 20 de novembro a 15 de março, sendo que o auge ocorre em 25 de janeiro, com temperaturas que variam entre –8º e –15º C. E de 1º de dezembro até 11 de janeiro, incide a denominada noite polar na região de Murmansk, quando o sol fica continuamente abaixo da linha do horizonte. Ou seja, o sol não aparece durante 42 dias seguidos.

Indulto – Como referi na última coluna, o presidente Michel Temer havia decidido não editar o chamado decreto de indulto de Natal este ano. Mas ao longo da semana, pressionado pela Defensoria Pública da União, o presidente cogitou voltar atrás. Nesse final de semana, finalmente se decidiu pela não concessão do indulto. Ou seja, os criminosos que estão na cadeia vão continuar cumprindo suas penas, sem direito a perdão de boa parte do tempo de condenação. Jair Bolsonaro, o novo presidente, já declarou que durante o seu mandato também não editará nenhum decreto de indulto natalino. Quem sabe com isso o Brasil inicie uma caminhada decisiva rumo ao combate à impunidade. 

Bolsonaro – “Bolsonaro não é marola de opinião”, disse Ângela Alonso, presidente do CEBRAP. E continua: “O campo antiesquerdista é amplo e enraizado (...) A ambiguidade propiciou abrigar grupos nacionalistas, militaristas, anticomunistas, pró-livre mercado, anticorrupção (...) Todo esse mundo cresceu ao largo da grande mídia. A eleição de Jair Bolsonaro é a vitória de uma mobilização social duradoura e arraigada”.     

Boas festas – Mais um ano chega ao fim. Ótimo ou bom para uns, nem tão bom para outros. Muitos leitores fazem promessas na virada de ano. Pretendem dar outro rumo à vida. Mas, geralmente, ao longo do novo ano, pouco ou nada se altera. Se você concorda comigo, faça como eu: planeje todas as suas ações e atividades com a maior brevidade possível, INDEPENDEMENTE da época do ano. Seja no início, no meio ou no final de ano, pense, reflita, planeje. Sempre com a maior antecedência possível. Afinal, PLANEJAMENTO É TUDO! Desejo a todos os leitores um feliz e abençoado 2019. 

Donato Heinen

 
Representações BirckRepresentações Birck - 1 Filtros EuropaCotrio - Logomarca
Cotrio - LogomarcaFiltros EuropaRepresentações Birck - 1 Representações Birck