Magazine RennerMieth MadeirasBlumen Platz Center - Outubro de 2015Mieth MadeirasConstinta
Por Donato Heinen. Publicado em 05/09/2019

Notas e Apartes nº 1.319

Coluna publicada no jornal Gazeta Regional de 4-9-19


Bilhete – Mesmo conhecido e aplicado há várias décadas, o golpe do bilhete premiado continua fazendo vítimas. Parece inacreditável, mas ainda existem incautos que caem nessa armadilha. A ganância da pessoa faz com que os golpistas ainda encontrem vítimas para aplicar o golpe. No afã de ganhar dinheiro fácil, a vítima fica cega e surda pela oportunidade de obter uma grande soma de dinheiro sem esforço.

Prisão – Esta semana, foi preso em Passo Fundo um golpista de 25 anos suspeito de aplicar o golpe do bilhete premiado em uma idosa de Santa Rosa, que pagou 54 MIL REAIS por um bilhete de loteria supostamente premiado, após ser abordada na saída de um supermercado. O fato ocorreu no dia 23 de julho passado. É impressionante o faro que os ladrões têm para localizar potenciais vítimas.

Dicas – A polícia dá algumas dicas para evitar que você seja a próxima vítima. Não converse com estranhos na rua ou em frente a caixas eletrônicos; mantenha bem guardados seu dinheiro e cartões de crédito; geralmente, mais de uma pessoa participa do golpe. Fique atento, pois ela parece acima de qualquer suspeita; Jamais forneça seus dados bancários a estranhos; Fique atento a telefonemas de pessoas estranhas; se alguém realmente tiver um bilhete premiado, não vai dividir o dinheiro com outra pessoa, ainda mais um desconhecido.

Interesses – Muito já se falou nas últimas semanas sobre o interesse de governos estrangeiros na Amazônia brasileira. E certamente esse interesse todo não é motivado pelo desmatamento em si, que ocorre anualmente há muitas décadas. Segundo o deputado federal Alceu Moreira (MDB/RS), interesses de mercado estão por trás de tudo. Querem colocar um carimbo de “prejudicial ao meio ambiente” nos produtos agropecuários do Brasil. Ou seja, como nossos produtos competem com os europeus devido ao menor preço, eles tentam denegrir a imagem do Brasil para impor suas próprias mercadorias ao consumidor.

Subsolo – Além disso, existem riquezas minerais no subsolo da Amazônia que valem trilhões de dólares. E elas são muito cobiçadas pelos estrangeiros. Para ganhar atenção da opinião pública, governos e ONG’s estrangeiros difundem inverdades mundo afora, apostando na ignorância da maioria do nosso povo sobre o assunto. Os incautos acabam servindo de inocentes úteis em favor de uma causa cujos propósitos são escusos.

CPI – Um grupo de senadores conseguiu reunir, no último dia 29, as 27 assinaturas necessárias para protocolar pedido de criação da chamada CPI da “Lava Toga”. O objetivo é investigar ministros do STF, tendo como principal alvo seu presidente, Antônio Dias Toffoli, por ter aberto inquérito sobre fake news. Por lei, um órgão da Justiça não pode ao mesmo tempo investigar e julgar. Cabe ao presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP) autorizar sua instalação. Tudo indica que, infelizmente, ele não o fará, pois a CPI poderia resultar em sérios problemas judiciais para muitos deputados e senadores.

Dos leitores – Recebo e registro. “Infelizmente, parasitas vão continuar existindo” (Celso Backes); “Parabéns, você tem coragem para revelar as verdades” (Leo Taurio Oppermann); “Perfeitas colocações, parabéns! Estou saturado e quase apavorado com esse movimento da grande mídia contra o nosso Brasil” (João Ricardo Diedrich - Manico); “Parabéns. Leitura perfeita do que está acontecendo neste país (...) Legítimos parasitas. Acabaram-se as tetas” (Joel Capeletti).

Donato Heinen

 
Representações BirckRepresentações Birck - 1 Cotrio - Logomarca
Cotrio - LogomarcaRepresentações Birck - 1 Representações Birck