Magazine RennerMieth MadeirasBlumen Platz Center - Outubro de 2015Mieth Madeiras
Por Grande Santa Rosa Notícias. Publicado em 20/10/2018 as 11:03:43

O vice-presidente do Barcelona descartou o retorno do atacante Neymar para o clube espanhol: “Foi ele quem quis sair”

Imprensa europeia tem noticiado rumores de "arrependimento" do camisa 10. (Foto: Reprodução)


O vice-presidente do Barcelona, Jordi Cardoner, negou a informação dada pelo jornal “Mundo Deportivo” de que o clube catalão cogita “recontratar” o atacante brasileiro Neymar. De acordo com o cartola, essa possibilidade jamais foi discutida internamente no clube. Ele aproveitou para “alfinetar” o jogador, ressaltando que a ida do camisa 10 para o PSG (Paris Saint-Germain), da França, ocorreu por vontade própria o atleta.

“Uma coisa muito diferente seria se nós não tivéssemos acreditado nele e agora quiséssemos recuperá-lo, mas esse não é o caso. Foi ele quem quis sair do Barcelona”, declarou Cardoner em entrevista à Rádio Barcelona. “De qualquer forma, se a volta de Neymar estivesse em pauta, teríamos que discutir isso em uma reunião, o que até agora isso não aconteceu.”

“Ninguém na diretoria do clube anterior levantou a possibilidade de repatriar Neymar”, reiterou o dirigente na conversa com o repórter. “Hoje, essa é uma questão que não se pode abordar, justamente porque não houve nenhuma análise quanto a esse assunto.”

Nos últimos meses meses, diversas publicações da imprensa europeia têm noticiado um suposto arrependimento de Neymar por ter trocado o Barcelona pelo PSG. A transação, realizada em agosto do ano passado, alcançou a cifra de 222 milhões de euros, o que fez do atacante brasileiro o jogador mais caro da história.

Na quinta-feira passada, a rádio espanhola Cadena SER revelou que o atacante brasileiro possui um “contrato decrescente” com o clube francês. Em outras palavras, isso significa que os termos do negócio preveem a hipótese de liberação do jogador no fim desta temporada por um valor semelhante ao de sua compra.

Ainda de acordo com a mesma emissora, Neymar teria “chorado de arrependimento” (por ter trocado Barcelona por Paris) diante de um dirigente do Barcelona. Ele teria inclusive se colocado à disposição para pressionar a cúpula do PSG por uma volta ao clube onde integrava um poderoso trio de ataque sulamericano, com o argentino Lionel Messi e o uruguaio Luisito Suárez.

Bruna Marquezine

Também segundo a imprensa europeia, o fim do namoro entre Neymar e Bruna Marquezine não foi visto com surpresa por amigos do jogador. O distanciamento do casal já era notado e poucos imaginavam que a relação seguiria por muito tempo. Dentre os motivos para a separação estaria a decisão da atriz em continuar morando no Brasil.

“A decisão do término tomada pelo jogador foi avaliada como uma junção de fatores, sendo o principal a tristeza causada pelo relacionamento à distância”, disse uma fonte ligada ao casal. “O fim do namoro era uma discussão recorrente entre eles.”

Neymar esperava que Bruna se mudasse para Paris ainda neste ano. O casal já teria inclusive planejado a vida a dois, mas a iniciativa da atriz foi a de seguir em viagens entre Brasil e França, por conta do trabalho.

Bruna Marquezine tentou superar o distanciamento com viagens a Paris. Em algumas situações, chegou a passar cerca de 24 horas na capital francesa para estar ao lado do namorado. No período, os amigos notavam Neymar cada vez mais entristecido a cada retorno de Bruna para o Brasil.

Em Paris, Neymar e Bruna Marquezine levavam namoro agitado. A atriz era quem mais conseguia motivar o jogador a explorar a cidade. Os passeios em pontos turísticos e sua ida aos jogos do PSG eram bem vistos pela torcida do clube.

Neymar e Bruna estiveram juntos com amigos pela última vez após a goleada do PSG por 6 a 1 contra o Estrela Vermelha, no Parque dos Príncipes, em Paris, dia 3 de outubro. Foi quando o jogador organizou uma festa nos camarotes do estádio com artistas brasileiros e as presenças dos grupos de Thiago Silva, Marquinhos e Daniel Alves. Ali, a relação já era avaliada como estremecida.

A decisão do término do namoro foi aos poucos sendo compartilhada aos amigos de Neymar. A semana de trabalho com a seleção brasileira na Arábia Saudita foi avaliada como importante para o jogador diminuir a tristeza pelo fim da relação.

Assim que retornou da seleção brasileira, Neymar passou boa parte do tempo ao lado dos amigos mais próximos, Gil Cebola e Joclécio. E como ganhou quatro dias de folga no PSG, rumou com os “toiss” à praia de Peniche, em Portugal, para acompanhar o amigo surfista Gabriel Medina em importante etapa do circuito Mundial de Surfe. O jogador pretende permanecer no local até o fim da competição. A volta aos treinos no clube francês está marcada para segunda-feira.

O Sul


Nome:

E-mail:

Comentário:

Cidade:


Comentários


Imobiliária Cerro AzulRepresentações BirckRepresentações Birck - 1 Cotrio - Logomarca
Cotrio - LogomarcaRepresentações Birck - 1 Representações BirckImobiliária Cerro Azul