Magazine RennerMieth MadeirasBlumen Platz Center - Outubro de 2015Mieth Madeiras
Por Donato Heinen. Publicado em 08/11/2018 as 11:29:01

Nova agressão contra professor é registrada em Porto Alegre

Mãe xingou docente, coordenadores e orientadora após filha não ser levada a um passeio pela Escola Saint Hilaire


Mais um professor sofreu agressão em Porto Alegre, na tarde dessa quarta-feira (7). Desta vez na Escola Municipal de Ensino Fundamental Saint Hilaire, na Lomba do Pinheiro, na zona Leste da capital. Conforme a direção da escola falou à Rádio Guaíba, a mãe de uma aluna se dirigiu ao colégio para cobrar explicações para o motivo de a filha não ter sido levada a um passeio ao teatro, preparado pela instituição. A mãe acabou detida pela BM e encaminhada à DP para prestar depoimento. É o quarto caso de agressão a professores, em 14 dias, de acordo com o Cpers.

O diretor, Ângelo Barbosa, afirmou que o passeio havia sido programado semanas atrás e que as crianças foram orientadas a levar, até o início da semana, a autorização e o dinheiro para participarem da atividade. Uma das alunas, que não levou a autorização e o dinheiro, ligou para a mãe e contou não ter sido autorizada a fazer o passeio. A mãe se dirigiu até a instituição e xingou o professor, coordenadores e uma orientadora, além de ter feito agressões físicas.

Quarta agressão em três semanas 

Este caso na Escola Saint Hilaire foi o quarto de agressão contra professores em escolas da Capital. Anteriormente, uma docente foi agredida a socos pela irmã de um aluno da Escola Municipal Grande Oriente do Rio Grande do Sul, localizada no bairro Rubem Berta. Uma semana antes, outra professora, que trabalha na Escola Municipal Afonso Guerreiro Lima, na Lomba do Pinheiro, foi alvo de socos e chutes desferidos pela irmã de um estudante.

Nessa terça-feira, uma diretora da Escola Estadual de Ensino Fundamental Vera Cruz, na rua Luíza Rocco, bairro Glória, zona Sul da Capital, foi agredida pela mãe de dois alunos. A mulher agarrou pelo braço a coordenadora pedagógica após se atrasar 40 minutos para buscar os filhos. Por conta da agressão, a escola permaneceu fechada nessa quarta.  

Correio do Povo


Nome:

E-mail:

Comentário:

Cidade:


Comentários


Imobiliária Cerro AzulRepresentações BirckRepresentações Birck - 1 Cotrio - Logomarca
Cotrio - LogomarcaRepresentações Birck - 1 Representações BirckImobiliária Cerro Azul