Magazine RennerMieth MadeirasBlumen Platz Center - Outubro de 2015Mieth MadeirasGigabyte - VIII EXPOAGRO - 11-3-19 - Banner 950X200 (GESSINGER)
Por Donato Heinen. Publicado em 10/03/2019 as 21:16:21

Inter joga bem e derrota o Aimoré por 2 a 0

Sarrafiore e Rafael Sobis anotaram os gols da sexta vitória seguida colorada


Buscando consolidar uma sequência positiva, o Inter foi-se para cima do Aimoré tão logo o juiz deu o apito inicial. E com menos de 30 segundos, lá estavam os colorados próximos da meta defendida por Marcelo Pitol. Situação que se repetiu ao longo dos primeiros movimentos da partida. Aos 3, D'Alessandro cobrou falta fechada e testou o goleiro da equipe visitante, que trabalhou desde cedo. 

Aos 15, Pitol nada pôde fazer, mas teve sorte ao ver a conclusão de Neilton, de dentro da área, parar na trave. No minuto seguinte, o camisa 1 precisou espalmar para evitar gol olímpico de D'Alessandro. 

A blitze, porém, foi dar resultado aos 25. E aí o Aimoré quase pediu para levar o gol. Num recuo para Pitol, o goleiro deu um balão bloqueado por Rafael Sobis, que foi à linha de fundo evitar a saída e, de costas, jogar na área. A zaga afastou mal e a bola caiu para Nonato, que chutou forte e Pitol fez boa defesa. O rebote, no entanto, parou nos pés de D'Alessandro. De argentino para argentino, ele pifou Sarrafiore, que só ajeitou o corpo e mandou com categoria no canto direito, anotando seu primeiro gol no Beira-Rio. 

O gol acordou o Aimoré, que equilibrou as ações e causou problemas para a defesa colorada. O goleiro Daniel precisou trabalhar bem em duas vezes. Em ambas na bola parada. Nos levantamentos, um aos 29 e outro aos 40, ninguém desviou e a bola ia entrando para o gol quando o goleiro colorado chegou e espalmou para escanteio, mantendo a vantagem vermelha. 

Sobis fecha o placar com golaço

O segundo tempo começou com um susto para o Inter. Em bom cruzamento de Wagner, pela direita, Marco Antônio chegou por trás da defesa e cabeceou – no lado de fora da rede. Neste lance, os visitantes reclamaram pênalti. Pouco depois, os visitantes quase chegaram ao empate no que seria um gol contra de Emerson Santos, que desviou e fez a bola tirar tinta da trave errada. 

A resposta veio a seguir. Em boa jogada pela esquerda, o lançamento vai para D'Alessandro, na direita. Ele dominou e pifou Nonato, na entrada da área. O guri soltou a bomba para boa defesa de Pitol. Logo depois, D'Alessandro cruzou na medida para Uendel cabecear perto. Aos 14, foi a vez de Uendel cruzar e Sobis tocar pelo lado do gol. 

Odair Hellmann mandou Wellington Silva e, depois, Camilo, a campo, enquanto Gelson Conte escalou os atacantes Elias e Gustavo Xuxa. Aí então, pouco antes dos 30, o Inter seguia tentando um abafa, dando trabalho para Marcelo Pitol, seja com bolas alçadas ou com concluões – nem sempre feitas com o gol livre. 

A troca de Odair brilhou mais. Wellington Silva, aos 35, deu um belo passe que deixou Rafael Sobis livre e de frente para o gol. O atacante deu um toque por cobertura e correu para o abraço: 2 a 0 num golaço. Logo depois, deixou o campo ao ser substituído por Tréllez. 

Gauchão - 9ª rodada
Inter 2
Daniel; Bruno, Emerson Santos, Roberto e Uendel; Rodrigo Lindoso, Sarrafiore (Camilo), Nonato e D'Alessandro; Neilton (Wellington Silva) e Rafael Sobis (Tréllez). Técnico: Odair Hellmann

Cruzeiro 0
Marcelo Pitol; Gian, Renato, Douglão e Henrique Ávila; Tôto (Elias), Diguinho, Marco Antônio (Gustavo Xuxa) e Leandro Canhoto (Rafael Franco); Wagner e Vinícius. Técnico: Gelson Conte

Gols: Sarrafiore (25/1) e Rafael Sobis (35/2)
Cartões amarelos: Roberto, Nelton; Wagner
Público: 13.717 torcedores 

Correio do Povo


Nome:

E-mail:

Comentário:

Cidade:


Comentários


Representações BirckRepresentações Birck - 1 Filtros EuropaCotrio - Logomarca
Cotrio - LogomarcaFiltros EuropaRepresentações Birck - 1 Representações Birck