Mieth MadeirasBlumen Platz Center - Outubro de 2015Água KangenInstituto Federal Farroupilha
Por Vilmar Pudell. Publicado em 30/10/2013 as 16:43:27

Adilson Batista vê tradição do Grêmio como vantagem

Ex-zagueiro foi protagonista em confronto contra Atlético-PR na Copa do Brasil de 96


Formado no atlético-pr e heroi da conquista da libertadores de 95 pelo grêmio, adilson batista, novo treinador do vasco, já foi protagonista de um confronto entre as duas equipe na copa do brasil como o que acontece na noite desta quarta, a partir das 21h50min, na vila capanema. em 1996, pelas oitavas de final da competição, o zagueiro gremista marcou os três gols que classificaram os gaúchos – que naquele ano chegaram até a semifinal, superados pelo palmeiras. ele vê exatamente a tradição do tricolor na competição como uma vantagem para o duelo da semifinal deste ano.

“conta, é importante. camisa, torcida, ambiente, momento, atleta. tudo isso é importante. o grêmio sempre chega. eu, dirigindo o atlético, quase fomos para a semifinal, em 2011. a gente acabou empatando no finalzinho. foi 2 a 2 e depois 1 a 1 e o vasco passou. podíamos ter ido para a final, vinha o avaí depois. atlético está em um momento bom”, analisa.

No confronto de 96 entre os dois clubes, o zagueiro viveu uma noite de artilheiro no estádio olímpico. marcou os três gols da vitória de 3 a 0 que classificou o grêmio para as quartas de final da competição.

“Fiz quatro gols, não três. o árbitro pernambucano, o wilson de souza mendoça, mandou voltar um. bati quatro vezes no ricardo pinto. sempre tive o carinho pelo atlético, estávamos vivendo um bom momento do grêmio. foi uma satisfação ter feito os gols, contribuído para a vitória. era à noite, o técnico do atlético era o leão. tenho respeito pelos dois, gosto dos dois clubes”, comenta.

Adilson viveu o que classifica como "dois anos que parecem 200" no grêmio. para o jogo desta noite, ele não aponta favorito e afirma que não torcerá para ninguém. “gosto dos dois clubes”, diz.

“Pelo grêmio, o renato mudou. mexeu o que o vanderlei estava trabalhando. pegou no meio do campeonato, fez variações, wncontrou sua formação e está um time forte. competitivo, com jogadores que trabalhei, kleber, elano", disse. "já o mancini tem um time rápido. está bem no brasileirão e na copa do brasil”, completou.

fonte: CP


Nome:

E-mail:

Comentário:

Cidade:


Comentários


Representações BirckRepresentações Birck - 1 Filtros EuropaCotrio - Logomarca
Cotrio - LogomarcaFiltros EuropaRepresentações Birck - 1 Representações Birck