Magazine RennerMieth MadeirasBlumen Platz Center - Outubro de 2015Mieth MadeirasConstinta
Por Donato Heinen. Publicado em 02/06/2019 as 17:36:55

Quem são os maiores inimigos das reformas e como derrotá-los

A entrevista é esclarecedora


O Brasil está em uma encruzilhada. Estamos passando por um daqueles momentos decisivos na história de um país. Uma decisão equivocada ou a omissão diante do que deve ser feito pode custar caro demais.

E pagaremos um preço elevadíssimo por décadas, atravessando gerações futuras. O resultado do PIB brasileiro no primeiro trimestre de 2019 — uma retração de 0,2% em relação ao último trimestre de 2018, segundo o IBGE — acendeu novamente o sinal amarelo.

Aliás, já estamos quase chegando ao sinal vermelho.

É necessário aprovar um pacote de reformas estruturantes — a começar pela Previdência — para que o país saia do buraco e tenha possibilidade de iniciar, enfim, a retomada econômica.

Mas se as reformas são tão necessárias, por que há tanta resistência contra elas? Quem são os inimigos das reformas? Como derrotá-los? Um dos maiores especialistas em finanças públicas do país responde.

Primeiro, os maiores opositores às reformas:

“São os sindicatos dos trabalhadores do setor privado formais e os sindicatos de servidores públicos que fazem oposição às mudanças. (…) O padrão de resistência é o mesmo.”

Depois, como vencer essa batalha:

“É preciso operar politicamente de forma correta, fazer um discurso agregador, chamar a sociedade, explicar as dificuldades, comunicar-se adequadamente e ter uma agenda de reformas clara. (…)”

“Uma questão fundamental é que, em nenhum país do mundo, se consegue fazer reformas com um governo minoritário no Legislativo. Tem de formar maioria no Congresso e, para formar maioria, tem de fazer coalizão. Governo de coalizão não é crime.”

O autor do diagnóstico é o economista Marcos José Mendes, uma das vozes mais respeitadas quando o assunto são as reformas.

Ao contrário de muitos de seus colegas de profissão formados no setor privado e com atuação no eixo Rio-São Paulo, ele fez carreira dentro do Estado e na capital federal, Brasília.

Mendes é uma das principais vozes dentro do funcionalismo público a favor das reformas.

A entrevista é esclarecedora. Não deixe de ler se você de fato quer saber quem dificulta a aprovação da reforma. E o que fazer para derrotar as forças antirreforma. 

O Antagonista


Nome:

E-mail:

Comentário:

Cidade:


Comentários


Representações BirckRepresentações Birck - 1 Cotrio - Logomarca
Cotrio - LogomarcaRepresentações Birck - 1 Representações Birck