Mieth MadeirasBlumen Platz Center - Outubro de 2015Água Kangen
Por Donato Heinen. Publicado em 25/09/2020 as 10:23:28

Justiça muda decisão e obriga volta ao trabalho de peritos do INSS

Determinação ocorre um dia após o próprio Poder Judiciário decidir favoravelmente aos servidores


Agência do INSS - 25-9-20 (Agência Brasil)

O Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) decidiu que os médicos peritos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) devem voltar ao trabalho presencial. Em parecer publicado nessa quinta-feira, 24, o órgão suspendeu a liminar da Justiça Federal do Distrito Federal tomada na véspera em favor dos profissionais.

Com a nova decisão, os peritos devem obrigatoriamente voltar ao serviço. A determinação é direcionada aos servidores que atuam em agências do INSS que já tiveram a reabertura liberada pelo governo. Para o retorno ao trabalho, o controle de ponto (para marcar entrada e saída do serviço) será reativado — assim, quem faltar terá salário descontado.

Vice-presidente do TRF-1, o desembargador Francisco de Assis Betti foi o responsável pela mais nova decisão do caso. Nesse sentido, ele atendeu ao pedido da Advocacia-Geral da União (AGU), que contestou o parecer da Justiça do Distrito Federal.

Para o magistrado, o Poder Judiciário não pode interferir na volta — ou não — ao trabalho de profissionais vinculados a órgãos mantidos pelo Poder Executivo, como é o caso, por exemplo, dos peritos do INSS. “Cabe à administração a tomada das decisões estratégicas para a retomada gradual e planejada dos serviços públicos, sobretudo aqueles considerados essenciais, reservando-se ao Poder Judiciário o exercício do controle jurisdicional, a posteriori, dos atos administrativos, quando demonstrada a ocorrência de ilegalidade em sua edição.” 


Revista Oeste


Nome:

E-mail:

Comentário:

Cidade:


Comentários


Representações BirckRepresentações Birck - 1 Filtros EuropaCotrio - Logomarca
Cotrio - LogomarcaFiltros EuropaRepresentações Birck - 1 Representações Birck