Mieth MadeirasBlumen Platz Center - Outubro de 2015Água Kangen
Por Grande Santa Rosa Notícias. Publicado em 25/09/2020 as 11:04:19

Pesquisa do Sebrae RS aponta que 87% das empresas permanecem funcionando no Estado

Conforme o levantamento, o faturamento começa a dar sinais de reação positiva Foto: Reprodução


A mais recente Pesquisa de Monitoramento dos Pequenos Negócios na Crise, realizada pelo Sebrae RS (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) entre os dias 1º e 14 de setembro, indica que 87% das empresas gaúchas permanecem em atividade e que 13% ainda estão sem possibilidade de funcionar, especialmente por conta de decretos governamentais que mantêm algumas atividades suspensas.

O estudo também revela que passou de 7% para 10% o índice de micro e pequenas empresas que indicaram o fechamento definitivo. “Os últimos resultados da pesquisa indicam uma evolução da atividade econômica, tendência que nos anima, porém, há que se atentar para um aumento no percentual de pequenos negócios que pretendem encerrar suas atividades, razão pela qual devemos manter os esforços para a manutenção de políticas públicas de auxílio às micro e pequenas empresas para que que esse percentual não evolua”, afirmou o diretor-superintendente do Sebrae RS, André Vanoni de Godoy.

Conforme o levantamento, o faturamento começa a dar sinais de reação positiva. Das empresas pesquisadas, 17% sinalizaram aumento, cinco pontos percentuais acima do verificado em agosto (12%). Embora para 55% das empresas o faturamento ainda apresente redução em setembro, este é o menor percentual verificado pelo Sebrae RS desde o início da realização da pesquisa de monitoramento, o que pode ser atribuído à retomada gradual das atividades em razão da flexibilização das medidas restritivas.

A média de pessoas ocupadas nas empresas vem apresentando relativa estabilidade nos últimos meses (quatro pessoas em julho, cinco em agosto e quatro em setembro), e a expectativa de manutenção dos negócios para os próximos 30 dias é citada por 42% dos entrevistados. Enquanto isso, 30% esperam expandir, índice superior aos 20% aferidos em agosto.

A melhora do cenário provocou redução na busca por crédito, passando de 48% em agosto para 42% em setembro. E houve aumento de 36% para 55% dos empresários que, tendo procurado financiamento, conseguiram o recurso.

A Pesquisa de Monitoramento dos Pequenos Negócios na Crise ouviu 441 empreendedores no RS. O nível de confiança é de 95%, e a margem de erro, de 4%.

 Fonte: O Sul


Nome:

E-mail:

Comentário:

Cidade:


Comentários


Representações BirckRepresentações Birck - 1 Filtros EuropaCotrio - Logomarca
Cotrio - LogomarcaFiltros EuropaRepresentações Birck - 1 Representações Birck