Mieth MadeirasBlumen Platz Center - Outubro de 2015Água KangenInstituto Federal Farroupilha
Por Donato Heinen. Publicado em 16/11/2020 as 10:44:13

Sebastião Melo e Manuela D'Ávila disputarão o segundo turno em Porto Alegre

Nova eleição que definirá próxima gestão ocorrerá em 29 de novembro


Sebastião Melo e Manuela D'Ávila foram os dois candidatos mais votados em Porto Alegre | Foto: Montagem sobre fotos de Guilherme Almeida e Ricardo Giusti

Porto Alegre rechaçou a gestão de Nelson Marchezan Júnior (PSDB). O primeiro turno da eleição municipal, neste domingo, terminou com Sebastião Melo (MDB) e Manuela D'Ávila (PCdoB) avançando para uma nova disputa, que ocorrerá daqui a duas semanas, da qual sairá ou a o novo prefeito ou a primeira prefeita de Porto Alegre.

Com direito a uma virada no que as pesquisas projetavam, Melo já foi considerado vencedor do primeiro turno com 200.080 votos, o equivalente a 31,01% dos votos válidos. Manuela teve 187.262 votos, 29,00% do total – os dados referem-se ao momento em que 100% das urnas já haviam sido apuradas. O resultado saiu já tarde da noite, pouco antes das 23h, em razão do atraso na totalização dos votos no Tribunal Superior Eleitoral.  

Melo volta a disputar o segundo turno

Goiano de Piracanjuba, mas radicado na Capital desde a década 1970, Melo tem uma carreira política construída em Porto Alegre. O emedebista foi vereador por três mandatos na Câmara de Porto Alegre, entre 2000 e 2012. Ele chegou a presidir o Legislativo municipal em 2007.

O hoje candidato do MDB deixou a Câmara rumo ao Executivo em 2012, quando elegeu-se vice-prefeito, na chapa de Fortunati. Por conta da experiência, seu papel principal era a interlocução com a Câmara. Chegou a assumir a prefeitura em alguns momentos, como no rescaldo do temporal de janeiro de 2016. Ele foi escolhido para tentar dar seguimento à gestão, concorrendo em 2016. Na ocasião, o salto nas intenções de voto foi suficiente para colocá-lo no segundo turno, quando acabou superado por Marchezan. Dois anos mais tarde, elegeu-se deputado estadual.

Manuela na terceira disputa

Ex-vereadora, deputada federal por dois mandatos e ex-deputada estadual, Manuela D'Ávila chega ao segundo turno em Porto Alegre pela primeira vez, em sua terceira disputa pelo Paço Municipal. Em 2008, ela havia terminado na terceira colocação. Quatro anos mais tarde, quando já era deputada federal, despontou como favorita no início da campanha, mas acabou superada por José Fortunati, que foi eleito ainda no primeiro turno.

Manuela foi eleita vereadora mais jovem de Porto Alegre, aos 23 anos. Dois anos mais tarde, elegeu-se deputada federal pela primeira vez, renovando o mandato no pleito seguinte. Em ambas disputas, foi a deputada federal mais votada do Rio Grande do Sul. Em 2014, optou por concorrer a uma vaga na Assembleia Legislativa e chegou lá, novamente, com a maior votação na disputa. Em 2018, concorreu como vice na chapa encabeçada por Fernando Haddad (PT), que ficou em segundo lugar. 

Resultados 

Sebastião Melo (MDB) 31,01% / 200.080 votos
Manuela D'Ávila (PCdoB) 29,00% / 187.262 votos
Nelson Marchezan Júnior (PSDB)  21,07% / 136.063 votos
Juliana Brizola (PDT) 6,41% / 41.407 votos
Fernanda Melchionna (PSol) 4,34% / 27.994 votos
Valter Nagesltein (PSD) 3,10% / 20.033 votos
João Derly (Republicanos) 2,94% / 19.004 votos
Gustavo Paim (PP) 1,24% / 7.989 votos
Rodrigo Maroni (PROS) 0,51% / 3.314 votos
Montserrat Martins (PV) 0,22% / 1.415 votos
Júlio Flores (PSTU) 0,13% / 852 votos
Luiz Delvair (PCO)* 0,02% / 142 votos

Brancos 5,06% / 36.678 votos
Nulos 5,81% / 42.076 votos
Abstenções 33,08% / 358.217 votos

Total 724.509 votos
Votos válidos 645.613 votos

 Correio do Povo


Nome:

E-mail:

Comentário:

Cidade:


Comentários


Representações BirckRepresentações Birck - 1 Filtros EuropaCotrio - Logomarca
Cotrio - LogomarcaFiltros EuropaRepresentações Birck - 1 Representações Birck