Mieth MadeirasBlumen Platz Center - Outubro de 2015
Por Vilmar Pudell. Publicado em 20/04/2022 as 01:56:24

Inter chega a acerto e Mano Menezes é o novo técnico

Anúncio oficial deve ser feito nesta quarta-feira


Com informações dos repórteres Lucas Mello e Fabrício Falkowski

Mano Menezes é novo técnico do Inter. O acerto ocorreu na noite desta terça-feira e a confirmação oficial deve ser feita nas próximas horas pelo clube. O treinador, que tem passagens por Grêmio, Corinthians, Palmeiras, Cruzeiro e Seleção Brasileira, será o substituto de Alexander Medina, demitido na semana passada após uma série de resultados ruins na Sul-Americana e no Campeonato Brasileiro; além da eliminação do Gauchão nos Gre-Nais. 

Ainda no sábado, após a saída de Cacique, a diretoria colorada começou as tratativas para anunciar o novo comandante da casamata. Mano, inclusive, esteve hospedado no mesmo hotel onde a equipe do Fortaleza se preparava para o confronto no Beira-Rio. O treinador era considerado ficha número “1” pela experiência em campo, algo essencial para o controle mental do vestiário 

Contra os cearenses no último domingo, o auxiliar Cauan de Almeida comandou a equipe. O placar de 2 a 1 significou para o Inter a primeira vitória após um jejum que durava três partidas. Apesar de uma possível retomada, Mano encontra uma equipe ainda sem identidade. O Colorado é o 13ª colocado, com três pontos.

A tendência é que Mano reproduza o seu estilo de jogo base de outros trabalhos. O treinador é adepto à “saída de 3”, quando o volante chega para iniciar jogada junto aos zagueiros. A saída de bola também é conectada pelo apoio dos laterais, que se revezam na função. Essa troca de posições é muito comum nas equipes do treinador, principalmente quando utilizado com um homem de referência no ataque, que tanto pode ficar mais centralizado ou cair para os lados – neste caso, jogadores como Wesley Moraes e Alemão poderiam fazer o setor. 

Trajetória

Natural de Passo do Sobrado, no interior do Rio Grande do Sul, Mano Menezes passou pela base colorada, mas começou a carreira profissional de técnico no Guarani de Venâncio Aires. Após boa passagem pelo 15 de Novembro, em 2004, despontou no cenário nacional à frente do Grêmio, arquirival colorado, com a conquista da Série B do Brasileirão e o vice-campeonato da Libertadores em 2007.

Com a ótima aparição em Porto Alegre, Mano partiu para São Paulo e treinou o Corinthians. Por lá, conquistou uma Copa do Brasil e um Campeonato Paulista. O sucesso chamou a atenção da Seleção Brasileira, onde foi treinador da metade de 2010 até o final de 2012. Com a amarelinha, foram 33 partidas, com 21 vitórias, seis empates e seis derrotas – o treinador conquistou apenas duas taças do Superclássico das Américas. 

O último clube brasileiro do profissional de 59 anos foi o Bahia em 2020, onde chegou para substituir Roger Machado, atualmente no Grêmio. Pelo Esquadrão de Aço foram 24 partidas, oito vitórias, dois empates e 14 derrotas. À época, a equipe foi uma das piores defesas do Brasileirão – 46 gols em 26 jogos.

Em 2021, treinou o Al-Nassr, da Arábia Saudita, onde permaneceu por apenas cinco meses e 16 partidas. Mano estava desempregado desde então.

Correio do Povo 


Nome:

E-mail:

Comentário:

Cidade:


Comentários


Representações BirckFiltros EuropaCotrio - Logomarca
Cotrio - LogomarcaFiltros EuropaRepresentações Birck