Mieth MadeirasBlumen Platz Center - Outubro de 2015Diel & Werlang advogados
Por Donato Heinen. Publicado em 06/08/2022 as 15:50:12

Fim do jejum, nova dupla de volantes e dúvida na lateral: a repercussão da vitória do Grêmio sobre o Guarani

Resultado deixou o Tricolor com 40 pontos em 22 rodadas na Série B


Lucas Leiva fez dupla com Villasanti contra o Guarani (Lucas Uebel / Divulgação Grêmio)

O resultado conquistado contra o Guarani é apontado por jogadores, comissão técnica e direção como mais um passo dado na direção do acesso. Mesmo que tenha sido mais uma atuação sem brilho na competição. 

— Agora é de três pontos em três pontos e rumo à Série A. Três meses sem perder é muita coisa. Trabalhamos muito para essa sequência. Dá muita confiança para o nosso trabalho — comentou Biel, autor do segundo gol da vitória. 

Roger Machado, no entanto, minimizou o peso que a dificuldade em somar vitórias como visitante tem no ambiente gremista. O técnico citou que espera que a questão dos resultados fora de casa deixe de ser pauta entre torcedores e imprensa.  

— Internamente, (a vitória) não tira peso. Externamente, talvez tire. Nos dá três pontos hoje (sexta-feira), mas os 15 jogos de invencibilidade também eram contabilizados como jogos importantes. Internamente, não muda, talvez externamente a abordagem seja outra. Talvez agora busquem uma outra linha de narrativa para continuar colocando uma expectativa. Fizemos uma partida consistente. Até os primeiros 35 minutos, controlamos bem. Depois, o adversário nos empurrou para trás. O segundo tempo foi diferente. Começamos com controle e depois perdemos. Fizemos as trocas para colocar velocidade e construímos nosso segundo gol. O adversário se joga para a frente, mas a vitória já estava concretizada ao nosso favor. Vitória importante pelo momento da competição — comentou o técnico do Grêmio.

A grande novidade para o jogo contra o Guarani foi a nova dupla de volantes. Lucas Leiva e Villasanti, autor do primeiro gol da partida, tiveram atuação elogiada por Roger Machado. Mesmo com o retorno de Bitello para a partida desta terça-feira (9), contra o Operário, a tendência é de manutenção dos dois protetores da defesa.

— O Villasanti talvez viva o melhor momento da carreira, jogando muito bem. Tem o gosto de proteger a defesa. A orientação era para o Lucas fazer as entradas no campo do adversário e para que o Villasanti fizesse a proteção da defesa. Que saísse em jogadas, como a que aconteceu o gol. Foi um bom casamento, é uma boa dúvida para o próximo jogo. O entrosamento que aconteceu hoje (sexta-feira) foi muito bom — explicou o técnico. 

Com a janela brasileira de transferências aberta até o dia 15 de agosto, o Grêmio avalia que não fará mais movimentos em buscas de reforços após as contratações de Lucas Leiva e Guilherme. Thaciano, que fez sua reestreia após passagens pelo Bahia e no Altay-TUR nas duas últimas temporadas, também retornou e será reaproveitado.

— A janela está aberta. É momento de chegadas e saídas. Os clubes têm suas necessidades financeiras. O elenco está o tempo sendo depurado. Ainda tem um período de janela. Estamos sempre de olho. Mas alcançamos uma solidez no jogo, e nem sempre vamos jogar bem, mas os resultados dão tranquilidade para trabalhar. Encontramos um equilíbrio na forma de jogar. Agora vamos melhorando os detalhes que não aconteceram tão bem — projetou Roger.

O problema que o Grêmio traz de Campinas para a sequência na Série B é a situação de Nicolas. O lateral-esquerdo teve de deixar a partida contra o Guarani no segundo tempo por conta de dores no ombro direito. A previsão é que o jogador seja reavaliado neste sábado para determinar qual é a lesão. A tendência é de que Diogo Barbosa assuma a vaga caso o titular precise ficar afastado. 


GZH


Nome:

E-mail:

Comentário:

Cidade:


Comentários


Representações BirckFiltros EuropaCotrio - Logomarca
Cotrio - LogomarcaFiltros EuropaRepresentações Birck