Banner Tchê Milk - 14-10-22Supermercado Kramer - 8-2-23VALUPI Fitness Academia
Por Donato Heinen. Publicado em 05/06/2024 as 10:44:22

Inter vence Tomayapo e decidirá vaga nos playoffs da Sul-Americana no Jaconi

Colorado contou com gols de Bruno Gomes e Alario para somar três pontos fora de casa


Inter vence Tomayapo. Bruno Gomes aproveitou cruzamento de Hyoran para marcar. AIZAR RALDES / AFP

Ao natural, o Inter venceu o Tomayapo na Bolívia por 2 a 0 e está a perto de ir aos playoffs da Copa Sul-Americana. Bruno Gomes e Alario marcaram os gols colorados, que ainda teve mais dois anulados por VAR e um pênalti perdido. No sábado, terá de ganhar do Delfín, no Alfredo Jaconi, para enfrentar algum dos terceiros colocados da Libertadores.

Coudet rodou o grupo. Do goleiro ao último atacante, fez uma série de mudanças para o jogoFabrício, que assume lugar de Rochet durante a Copa América, foi para o gol. Bustos, Igor Gomes, Fernando e Renê formaram a defesa. O meio abriu com Thiago Maia, sucedido por Bruno Gomes, Mauricio e Hyoran, a maior das novidades. Na frente, Alan Patrick e Alario, que também deverá ganhar sequência com as convocações de Borré e Valencia.

O Inter começou em cima. No segundo minuto, Alan Patrick achou Bustos entrando na área pela direita. O argentino dominou e bateu, mas em cima de Arancibia. Na cobrança de escanteio, a defesa afastou parcialmente, Alanpa pegou o rebote e bateu de três dedos, por cima.

Aos 15 minutos, o Inter até abriu o placar. Em cruzamento da esquerda, a bola desviou e sobrou para Mauricio, que ajeitou para Alan Patrick bater duas vezes, a primeira na trave e a segunda na rede. Mas o lance foi anulado por impedimento, revisado pelo VAR após três minutos.

O Inter seguiu mandando no jogo, ainda que faltasse contundência. Aos 23, Bruno Gomes concluiu jogada iniciada por Hyoran e Alan Patrick, mas o chute saiu por cima do travessão. 

Finalmente o Tomayapo criou coragem e foi ao ataque, aos 32 minutos. Entrou na área com a bola, mas a perdeu. E no contragolpe, o Inter marcou seu gol. Bruno Gomes começou a jogada pela direita, passou para Alan Patrick, que abriu para Hyoran. Seu cruzamento, da esquerda, foi no pé de Bruno Gomes, que se atirou para concluir: 1 a 0. 

Dois minutos depois, Alan Patrick esteve perto de ampliar, em chute que passou raspando a trave. Logo na sequência, Mauricio arriscou de longe, Arancibia espalmou para cima e Alario, sozinho, chutou na trave para fora.

Aos 44, Alario apareceu novamente. Em escanteio, ganhou da defesa e cabeceou perto da trave. O centroavante quase fez, em cruzamento da esquerda, em mais um cabeceio para fora. O primeiro tempo terminou com um gostinho de que poderia ter sido mais.

Colorado amplia no segundo tempo

O Inter voltou sem trocas para o segundo tempo, e seguiu se impondo já desde o apito inicial. Aos nove, o time perdeu uma chance claríssima. Alan Patrick deu um passe perfeito para Bustos, atrás da zaga. O lateral cruzou rasteiro, Alario se esticou e não alcançou, mas Hyoran, de dentro da área pequena, arrematou por cima do travessão.

A superioridade era notória. Aos 15, Mauricio recuperou a bola no meio-campo, entregou para Alan Patrick, que abriu na direita. O cruzamento de Bustos encontrou a cabeça do camisa 10, mas Arancibia fez uma grande defesa. Aos 17, mais uma chance: Mauricio e Alan Patrick tabelaram, e o guri bateu, a bola desviou e saiu perto da trave. 

Era preciso fazer o segundo e liquidar a partida de uma vez, o que ocorreu aos 19. Em nova trama de com Alan Patrick, Mauricio ficou cara a cara com o goleiro e marcou o segundo. O lance foi revisado, porém, e um impedimento foi encontrado cerca de 45 segundos antes de a bola entrar. A revisão durou quatro minutos.

Aos 30, nova oportunidade. Bustos, da intermediária, encheu o pé e o goleiro voou para salvar. Dois minutos depois, Coudet fez suas primeiras trocas, três de uma vez só: saíram Hyoran, Alan Patrick e Mauricio, entraram Wesley, Lucca e Bruno Henrique. 

Alario, aos 35, quase marcou o seu. Ele recebeu na área, driblou um zagueiro e chutou, mas havia outro defensor para salvar quase na linha. Orellana, aos 38, levou o segundo amarelo ao chutar Bustos e foi expulso. O árbitro foi ao VAR e revisou o lance anterior em que a bola bateu no braço do zagueiro. Pênalti. Alario cobrou e o goleiro defendeu.

Pois dois minutos depois, Alario se redimiu. Wesley cruzou da esquerda, Bruno Henrique chegou batendo e o centroavante argentino apenas empurrou para a rede, de cabeça: 2 a 0.
Nos acréscimos, o árbitro marcou pênalti em Wesley. Após revisão, voltou atrás e ainda deu cartão ao atacante colorado.

COPA SUL-AMERICANA — 4ª RODADA — 4/6/2024

REAL TOMAYAPO (0)
Arancibia; Justiniano, Cantillo, Corulo, Jaime Villamil (Orozco, 17'/2ºT) e Orellana; Avilez (Castillos, 43'/2ºT), Sergio Villamil, Noble; Maygua (Cuyza, int.); Graneros.
Técnico: Gustavo Romanello (interino).

INTER (2)
Fabrício; Bustos, Igor Gomes, Fernando e Renê; Thiago Maia, Bruno Gomes (Gustavo Prado, 45'/2ºT), Hyoran (Wesley, 32'/2ºT) e Mauricio (Lucca, 32'/2ºT); Alan Patrick (Bruno Henrique, 32'/2ºT) e Alario.
Técnico: Eduardo Coudet.

GOLS: Bruno Gomes (I), aos 33 minutos do primeiro tempo; Alario (I), aos 43 minutos do segundo tempo;
CARTÕES AMARELOS: Noble, Orellana (R); Coudet (I);
CARTÃO VERMELHO: Orellana (R);
LOCAL: Estádio IV Centenário, Tarija-BOL;
PÚBLICO E RENDA: não divulgados;
ARBITRAGEM: Mathias de Armas, auxiliado por Andres Nieves e Horacio Ferreiro (trio uruguaio). VAR: Augusto Menendez (PER). 

PRÓXIMO JOGO
COPA SUL-AMERICANA – 5ª RODADA
8/6/2024 — 21H30MIN
ALFREDO JACONI
INTER X DELFÍN 


GZH


Nome:

E-mail:

Comentário:

Cidade:


Comentários


Representações BirckFiltros Europa
Filtros EuropaRepresentações Birck