Banner Tchê Milk - 14-10-22Supermercado Kramer - 8-2-23VALUPI Fitness Academia
Por Donato Heinen. Publicado em 09/06/2024 as 11:48:10

Inter vence o Delfín e vai encarar o Rosario Central nos playoffs da Sul-Americana

Colorado contou com gol de Alario para ganhar no Alfredo Jaconi e terminar em segundo no Grupo


Alan Patrick foi o capitão colorado no jogo em Caxias do Sul. Porthus Junior / Agencia RBS

Quantos sentimentos cabem em um jogo de futebol? Confiança. Apreensão. Angústia. Medo. Alívio. Alegria misturada com preocupação. O reencontro do Inter com o Rio Grande do Sul após a enchente de maio teve todas essas emoções na noite de sábado (8), em Caxias do Sul. O dietético 1 a 0 colorado sobre o Delfín, com gol de Alario, foi sofrido, mas suficiente para ficar em segundo lugar no Grupo C e se manter vivo na Copa Sul-Americana.

adversário nos playoffs será o Rosario Central, com jogos nas semanas de 17 e 24 de julho. Se passar pela repescagem, enfrentará o Fortaleza nas oitavas de final. Até lá, dedicação total nas competições nacionais, com oito jogos pelo Brasileirão, o primeiro deles na quinta contra o São Paulo, e dois pela Copa do Brasil diante do Juventude. 

O torcedor colorado tingiu o Alfredo Jaconi de vermelho e branco. Em campo, o colorido do time não resistiu a todo o primeiro tempo. As cores foram desbotando aos poucos até o 0 a 0 se perpetuar até o intervalo.

Brian Roberto Heras González foi a principal razão para que o placar não se movimentasse na primeira metade da partida. Mesmo protegido por cinco defensores, o goleiro do Delfín suou bastante até os 26 minutos. 

Ele evitou o gol em três oportunidades. Seu trabalho começou cedo, logo aos 34 segundos, quando foi o primeiro equatoriano a tocar na bola, aos sair nos pés de Alan Patrick após cruzamento de Renê. 


A insistência gaúcha conseguiu nova brecha aos 11. Heras saiu nos pés de Wesley, após Alan Patrick puxar contra-ataque. O camisa 26 ainda salvou desvio de Fernando, após cobrança de escanteio. No rebote, Alario chutou para fora com a meta escancarada.  

A posse de bola colorada teve picos que superaram os 80%, mas o volume não se traduziu em chances na parte final do primeiro tempo. O Delfín levou perigo em jogada em velocidade. 

O goleiro Fabrício foi driblado, mas Bruno Henrique protegeu a meta em arremate de Messiniti. O gol colorado poderia ter saído em pênalti sofrido por Bruno Henrique, mas um impedimento na origem no lance anulou a infração.

Alario decide no segundo tempo

Durou 9 minutos a paciência de Coudet com a atuação do time na etapa final. Foi neste momento que o treinador iniciou a ativação do modo emergência da equipe. 

Primeiro saiu Bruno Henrique para entrar Wanderson. O ponteiro correu mais 5 minutos até que Bustos e Lucca ingressassem. E nada de Heras ter serviço. Sua maior ocupação era fazer cera para ganhar tempo.

Foi em escanteio da esquerda que a noite se resolveu. Wesley cobrou, aos 22 minutos. Vitão foi lá em cima escorar de cabeça. Embaixo, Alario desviou com o pé para fazer 1 a 0. Ufa!

Uma sensação de alívio tomou conta do Jaconi. Era pouco, mas o bastante para a classificação. Ainda que o Delfín tenha mudado sua postura, o Inter manteve a posse de bola e, através dela, conseguiu controlar o adversário. Ainda assim, Fabrício precisou aparecer em finalização de Alman para o Inter seguir vivo na Sul-Americana e se garantir nos playoffs das oitavas.

COPA SUL-AMERICANA — 5ª RODADA - 8/6/2024

INTER (1)
Fabrício; Mallo (Bustos, 15’/2ºT), Vitão, Robert Renan e Renê; Fernando, Bruno Henrique (Wanderson, 9’/2ºT), Aránguiz (Lucca, 15’/2ºT) e Wesley (Igor Gomes, 34’/2ºT); Alan Patrick e Alario (Thiago Maia (34’/2ºT).Técnico: Eduardo Coudet

DELFÍN (0)
Heras; Cuero, Goitea, Gariglio, Elordi e Mejía; Humanante, Reyes, Miño (Mieles, 34’/2ºT) e Angulo;  Messiniti (Alman, 15’/2ºT). Técnico: Juan Pablo Buch

GOL: Alario (I), aos 22min do 2º tempo;
CARTÕES AMARELOS: Wanderson e Thiago Maia (I); Miño e Goitea (D);
ARBITRAGEM: Felipe González, auxiliado por Alejandro Molina e Gabriel Ureta. VAR: José Cabero (quarteto chileno);
PÚBLICO: 16.822 (14.103 pagantes);
RENDA: R$ 731.083,00;
LOCAL: Estádio Alfredo Jaconi.

PRÓXIMO JOGO
QUINTA-FEIRA, 13/6 – 20H
INTER X SÃO PAULO
HERIBERTO HULSE – BRASILEIRÃO (8ª RODADA) 


GZH


Nome:

E-mail:

Comentário:

Cidade:


Comentários


Representações BirckFiltros Europa
Filtros EuropaRepresentações Birck