Banner Tchê Milk - 14-10-22Supermercado Kramer - 8-2-23VALUPI Fitness Academia
Por Donato Heinen. Publicado em 05/07/2024 as 18:57:41

Sexto suspeito de envolvimento no assalto a carro-forte no aeroporto de Caxias do Sul é preso

Homem, que ainda não tem a identidade divulgada, foi encontrado em São Paulo (SP)


Operação Elísios é uma força-tarefa entre Brigada Militar (BM), Polícia Federal (PF) e Polícia Rodoviária Federal (PRF). Polícia Rodoviária Federal / Divulgação

Na 5ª fase da Operação Elísios, que investiga o assalto a um carro-forte no aeroporto de Caxias do Sul, a Polícia Federal (PF) prendeu nesta sexta-feira (5) mais um suspeito de envolvimento no crime. O homem, que não teve a identidade divulgada, foi encontrado em São Paulo (SP)Esta é a sexta prisão da força-tarefa que envolve também Polícia Rodoviária Federal e Brigada Militar (BM). Na noite de 19 de junho, pelo menos dez criminosos assaltaram um carro-forte que iria transportar R$ 30 milhões. O dinheiro chegava no aeroporto Hugo Cantergiani. 

Mais detalhes da prisão não foram divulgados. Ainda nesta sexta, agentes da PF realizaram buscas em uma propriedade de Farroupilha. O segundo local alvo de investigação no município foi identificado na última terça-feira (2), na 4ª fase da operação.

Até o momento, conforme a Polícia Federal, as outras prisões foram feitas no Litoral Norte gaúcho, Paraná e no interior de São Paulo. Já um dos criminosos morreu na noite do crime. Conforme a investigação, pelo menos dez pessoas estão envolvidas com o assalto ao carro-forte. O número pode ser maior por conta de possíveis participações indiretas. 

Relembre o caso

O ataque no aeroporto de Caxias aconteceu por volta das 19h30min do dia 19 de junho. assalto pretendia roubar cerca de R$ 30 milhões de um banco privado. carro-forte era abastecido por malotes de dinheiro trazidos de Curitiba em uma aeronave de pequeno porte. Um grupo, de oito a 10 pessoas, atacou funcionários da empresa de transporte de valores, em uma ação que surpreendeu pela audácia dos criminosos.

Com armamento de guerra, incluindo um fuzil Barrett M82 calibre .50, e fardamento falso, os assaltantes usaram veículos com adesivos da Polícia Federal (PF) para acessar o hangar do aeroporto. O portão 2 foi aberto por funcionários que atuam no aeroporto justamente por acharem que se tratava da PF.

O primeiro confronto se deu entre os seguranças do carro-forte e a quadrilha. Na sequência, guarnições da BM se deslocaram ao local. Na primeira a chegar no Hugo Cantergiani estava o 2º sargento Fabiano Oliveira, 47 anos. Os policiais foram recebidos com disparos de arma de fogo. Um dos tiros de fuzil atingiu o 2º sargento no tórax e atravessou o colete de proteção balística. Mesmo socorrido e levado ao hospital, o brigadiano não resistiu. 

No confronto, após a chegada da Brigada Militar, um dos criminosos foi morto. Ele fugia em uma camionete Frontier, falsamente identificada como sendo da PF. Com ele foram recuperados cerca de R$ 15 milhões, metade do total que estava sendo transportado. O assaltante é natural do Piauí e tem passagens policiais em São Paulo. 


GZH


Nome:

E-mail:

Comentário:

Cidade:


Comentários


Representações BirckFiltros Europa
Filtros EuropaRepresentações Birck