Banner Tchê Milk - 14-10-22Supermercado Kramer - 8-2-23VALUPI Fitness Academia
Por Grande Santa Rosa Notícias. Publicado em 10/07/2024 as 00:38:04

Em reunião com Leite, ministro recua da promessa de operar aeroportos de Torres e Canela em 15 dias

Prazo havia sido mencionado em ofício da Infraero ao governo gaúcho; nova previsão deve ser apresentada após vistoria nos terminais na sexta-feira


Durante reunião com o governador Eduardo Leite nesta terça-feira (9), o ministro de Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho, recuou da promessa de operação imediata dos aeroportos de Torres e Canela. Em ofício enviado ao governo estadual, a Infraero havia garantido que poderia operar voos regulares em um prazo de 15 dias caso assumisse a outorga dos terminais, condição que foi aceita pelo governo gaúcho.

Nesta terça, em conversa com o governador e secretários por videoconferência, Costa Filho disse que enviará uma comitiva da estatal ao Rio Grande do Sul na sexta-feira (12) para avaliar as condições dos terminais, mas evitou dar garantias de que o governo cumprirá o que está escrito no ofício.

A reunião frustrou as expectativas do governo gaúcho, que tenta abrir novas rotas enquanto o Salgado Filho permanece interditado 

— Eles não podem colocar uma expectativa de uma ação dessa importância e depois não ter responsabilidade de assumir — apontou o secretário Ronaldo Santini, que participou do encontro.

A partir da visita da comitiva da Infraero, na sexta, a estatal deve fornecer um novo prazo para a operação dos aeroportos. Além de Torres e Canela, a empresa almeja operar o terminal de Vacaria, que é administrado pela prefeitura.

Entenda o caso

  • No dia 21 de junho, o presidente da Infraero, Rogério Barzellay, enviou ofício ao governo estadual comunicando o interesse em assumir a outorga dos aeroportos de Torres e Canela e indicando que, em um prazo de 15 dias, seria possível operar voos em ambos, para até nove passageiros em Canela e 72 passageiros em Torres.
  • No documento, a estatal informou que em 45 dias seria possível ampliar a operação para voos de 72 passageiros em Canela e 165 em Torres.
  • Em resposta encaminhada no domingo, Eduardo Leite informou ao ministro de Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho, e ao presidente da Infraero que o Estado toparia repassar a operação dos aeroportos.
  • Leite também pediu que ambos fossem incluídos no programa de concessões do governo federal.
  • Durante reunião na tarde desta terça-feira, Silvio Costa Filho disse que não teria como garantir o cumprimento dos prazos indicados no ofício da Infraero e comunicou que a estatal enviará uma comitiva ao Estado na sexta-feira.
  • Pela manhã, em entrevista à Rádio Gaúcha, o ministro da Reconstrução, Paulo Pimenta, se posicionou contra o repasse da gestão dos aeroportos à iniciativa privada e disse que a Infraero não deve assumir os terminais apenas "por dois ou três meses". 

PAULO EGÍDIO 


Nome:

E-mail:

Comentário:

Cidade:


Comentários


Representações BirckFiltros Europa
Filtros EuropaRepresentações Birck