Mieth MadeirasBlumen Platz Center - Outubro de 2015
Por Grande Santa Rosa Notícias. Publicado em 12/04/2021

Só boas notícias

Ivar Hartmann, promotor de Justiça aposentado


Finalmente, uma semana recheada de notícias boas, em três áreas que afligem o dia a dia dos brasileiros. No tocante ao vírus chinês, pelos levantamentos disponíveis, o RS é o Estado que, percentualmente, mais vacinou pessoas no Brasil. Ínfimos onze por cento com a primeira dose, abaixo do desejado, mas mais do que outros Estados. E o STF determinou que o Senado Federal cumpra a lei e abra a CPI da COVID. Fundamental para que seja analisado o destino do dinheiro enviado pelo governo federal á governadores e prefeitos.  Quem fez o que, e de que formas. O ex-ministro Pazzuelo vai ser investigado, responsável pela cepa Manaus do vírus pelos estados brasileiros. Mas não se espere muito do nosso Senado, ninho de maus elementos. O STF também proibiu a abertura dos templos, ganha-pão dos pastores. Se o ensino é a distância, o reino de Deus também poderia ser. Mas, e a grana para o Edir?

Quanto ao lamentável STF, agora se verificou que Gilmar Mendes, o juiz que envergonha os juízes, está perseguindo um promotor de Justiça de Mato Grosso. A razão: o promotor descobriu que ele estava usando agrotóxicos proibidos em sua propriedade rural, sita nas cabeceiras do Rio Paraguai e resolveu, com a coragem que falta as associações que reúnem seus colegas, processá-lo. Mais fácil que assinar um termo de conduta, usual nestes casos, é pular a lei. Foi o que fez Gilmar, que no corrupto mundo brasileiro, passou a perseguir o mais fraco e fazer valer sua toga cor de urubu. A imprensa deslindou. É só seguir noticiando. Finalmente, parece que será aberta a CPI da Lava Toga no Senado. Gilmar, Toffoli, os inimigos da Lava-Jato e outros, vão para o banco dos réus. Lava-se a Justiça do Brasil. 

Representações BirckFiltros EuropaCotrio - Logomarca
Cotrio - LogomarcaFiltros EuropaRepresentações Birck