Mieth MadeirasBlumen Platz Center - Outubro de 2015Diel & Werlang advogadosBanner Tchê Milk - 14-10-22ESTOFARIA DO MÁRCIO
Por Grande Santa Rosa Notícias. Publicado em 26/09/2022

Vidas paralelas: Hitler e Putin

Por Ivar Hartmann

Na Segunda Guerra Mundial, Hitler mandou seus soldados nazistas invadir a Rússia no que seria um passeio até Moscou. Putin mandou seus soldados comunistas invadir a Ucrânia no que seria um passeio até Kiev. Em ambos os casos, sabemos o resultado. Os simpatizantes nazistas que existiam em todo mundo, viram seu líder desaparecer e abandonaram a doutrina. Os simpatizantes comunistas em todo mundo estão vendo seu líder ameaçar o Ocidente, incluindo o Brasil, com uma guerra atômica. E seu Exército comunista é flagrado em vários crimes de guerra na Ucrânia, matando mulheres e crianças e enterrando as escondidas homens torturados. Igual aos nazistas. O Partido Comunista Russo é diretamente responsável por estes crimes. Seus reflexos cairão sobre seus simpatizantes de todo mundo, como aconteceu com os nazistas. 

Um governante, por ser governante, não significa que tenha bom juízo, pior até, pode sofrer de doenças cerebrais que a pressão constante do dia a dia, tornam o stress do cargo um caminho para a loucura. Isso foi constatado com Hitler pelos exames feitos baseados em suas declarações, escritos e filmes existentes da época. Uma paulatina degradação de seu estado físico e mental. E seu poder, ao final, só era garantido porque fechou-se em um círculo de poder que impedia um atentado com possibilidade de êxito. O mesmo está com Putin. Governantes estrangeiros que estiveram no Kremlin reportam as medidas de segurança, revistas, barreiras e dificuldade de contato. Por outro lado, suas ameaças e agora o recrutamento de civis, que está levando os jovens a fugir do país, denotam que não tem mais a força do início da guerra contra a Ucrânia. Nazismo e comunismo só sobrevivem em ditaduras. 

Representações BirckFiltros EuropaCotrio - Logomarca
Cotrio - LogomarcaFiltros EuropaRepresentações Birck