Banner Tchê Milk - 14-10-22Supermercado Kramer - 8-2-23VALUPI Fitness AcademiaConstinta
Por Vilmar Pudell. Publicado em 04/12/2023 as 14:55:00

Cerro Largo Futsal/Lojas Becker conquista título inédito do Gauchão Série B

Foi um minuto de muito apoio, gritos e cantos da torcida. Nada mais havia para ser feito!


Levou nove anos. Nove anos de trabalho, dedicação, problemas, soluções, força de vontade e amor pelo futsal. Na noite de sábado, dia 2 de dezembro, a espera enfim terminou. O Cerro Largo Futsal/Lojas Becker levantou pela primeira vez em sua história o título de campeão estadual, com a conquista do Gauchão Série B 2023.

Após um empate em Agudo por 1x1 frente à AAGF, tudo que o Leão Missioneiro precisava era de uma vitória no tempo normal, mas não foi fácil. Após abrir 2x0 no marcador, a torcida local, que lotou o ginásio Roque Nedel, viu o adversário empatar o jogo. Com muita garra, o Cerro buscou a vitória, terminando com o placar de 5x2 sobre o adversário. Um grande jogo, de duas equipes que disputaram com lealdade e que, ano que vem, estarão pela primeira vez na elite do futsal gaúcho.

O jogo

O técnico Rodrigo Ferreti iniciou a partida com Black no gol, mais Rogério Paulista, Matheus, Peixoto e Rafinha. A intensidade marcou o início desta decisão, que valia muito para ambas as equipes. O Cerro Largo começou marcando alto a AAGF, que tinha a posse da bola e efetuou a primeira finalização, com pouco mais de um minuto, com Gabriel, do meio da quadra, de média distância. Black foi buscar no canto esquerdo.

Antes de 2min de bola rolando, mais uma finalização da AAGF. Da linha lateral, Du chutou de primeira e Black teve que fazer a defesa mesmo com a visão meio encoberta por alguns jogadores. O Cerro se recuperou e assumiu a iniciativa na sequência. O primeiro grande lance foi com Rafinha, que recebeu um presente no passe errado do adversário, mas chutou em cima do goleiro Ceará. Na sobra, Peixoto chutou e a bola bateu novamente no goleiro da AAGF!

Se não foi desta vez que saiu o gol, foi logo em seguida. Rafinha recebeu de lateral e fez a parede sobre o marcador, achando um espaço e conseguindo passar a bola entre as pernas do goleiro Ceará: 1x0. Na troca de quarteto do Cerro, em pouco tempo saiu o segundo gol. Giorgi Lucas trocou passes com Deivid Brazeiro e depois passou para Thauan, que chutou de longe, com força, mas também muito bem colocado. Ceará foi pego de surpresa e nada pôde fazer, 2x0, com 4min51seg de jogo.

A equipe de Agudo começou a crescer no jogo após ter levado os dois gols. O Cerro foi ter outra boa chance de gol aos 11min, quando Peixoto recebeu de lateral, tirou do marcador e chutou rasteiro, mas Ceará defendeu. O goleiro visitante também apareceu para defender, de forma incrível, uma bomba de Thauan, que chegou inteiro para o chute na falha da marcação dos visitantes, faltando 4min27seg para o intervalo.

O número de faltas anotadas em desfavor do Cerro começou a preocupar e chegou ao limite de cinco, restando 3min18seg. As chances de gol não convertidas pelo Cerro pesaram ainda mais quando, restando apenas 21 segundos para o final do primeiro tempo, Rodrigo Brazeiro fez boa jogada individual e chutou forte, com a bola explodindo na trave e pegando no braço de Rogério Paulista na rebatida. Com isso, nova falta para Agudo e tiro livre. Na cobrança, o capitão Givago converteu: 2x1 no final da primeira etapa.

Segundo tempo

A única mudança no quarteto titular do Cerro para a segunda etapa foi Pierre no lugar de Rogério. Após um primeiro tempo onde teve muitas oportunidades, mas terminou com apenas um gol de vantagem, o Cerro Largo viu a AAGF partir com ímpeto para o empate. Com 1min50seg de jogo, Tigrão fez um ótimo cruzamento para Netinho, que estava quase em cima da linha do gol, mas Black acompanhou a bola e prensou, tirando por cima aquele que seria o gol de empate.

Infelizmente para o Cerro, em um lance no início do segundo tempo, um dos seus atletas foi expulso. Pierre reclamou com o árbitro pedindo falta de ataque e acabou levando cartão amarelo, com o árbitro se colocando em sua frente. Na sequência, o atleta acabou afastando o árbitro com os dois braços, o que foi interpretado como um empurrão e ocasionou em cartão vermelho para o jogador do Cerro. Com um a menos, o time da casa levou pressão e acabou tomando o gol, marcado por Netinho, aos 3min17seg.

O empate levaria à prorrogação. Mais um gol da AAGF seria um desastre. Por isso o Cerro foi pra cima e a torcida veio junto. O número de faltas da AAGF foi crescendo, mas a torcida saiu do chão mesmo aos 8min07seg, com o terceiro gol do Cerro. Deivid Brazeiro recebeu bom passe de Giorgi na entrada da área. De costas, ele dominou. Ceará e mais um marcador vieram para fechar o ângulo, mas Brazeiro chutou entre as pernas do marcador. A bola bateu na trave e entrou!

Com a disputa totalmente em aberto, as equipes faziam um enfrentamento digno de uma final. Restando 3min51seg para o final do jogo, Matheus Alegria cometeu a quinta falta, em Gui Falcão, em um lance de ataque do Cerro Largo, e levou o segundo cartão amarelo. O Cerro não precisou nem atacar para conseguir a sexta falta, pois, na tentativa de cortar o passe, Gabriel acabou tocando com o braço, gerando cobrança de tiro livre. Thauan partiu para a cobrança e converteu: 4x2!

Com dois gols de vantagem e apenas uma falta em seu desfavor, o Cerro Largo tinha todo o cenário favorável. A AAGF veio com Netinho como goleiro linha. O Cerro soube sofrer a pressão e, restando 1min09seg para o final do jogo, Peixoto marcou o quinto gol. Em uma bola recuperada, Peixoto partiu no ataque e Netinho não conseguiu segurar o tiro certeiro para o gol! Agora sim! Com 5x2 no placar, o título já estava totalmente desenhado! Foi um minuto de muito apoio, gritos e cantos da torcida. Nada mais havia para ser feito! Cerro Largo Futsal/Lojas Becker campeão da Série B!  

Fonte/Foto: Genaro Caetano – Assessoria Cerro Largo Futsal/Lojas Becker

 


Nome:

E-mail:

Comentário:

Cidade:


Comentários


Representações BirckFiltros Europa
Filtros EuropaRepresentações Birck