Banner Tchê Milk - 14-10-22Supermercado Kramer - 8-2-23VALUPI Fitness Academia
Por Grande Santa Rosa Notícias. Publicado em 17/06/2024 as 01:11:29

Tempestade solar atinge Marte e significa risco à Terra

Veículos exploradores e aqueles situados na órbita do planeta vizinho constataram uma série de tempestades solares e ejeções de massa coronal. Esses fenômenos resultaram em auroras marcianas e fornecem dados valiosos para os pesquisadores.


Desde que Marte foi atingido por uma poderosa tempestade solar, cujas imagens foram recentemente divulgadas pela NASA, a agência espacial norte-americana vem monitorando os eventos previstos pelos cientistas como parte do ciclo de atividade solar chamado máximo solar, e pode fornecer informações cruciais para a preparação de futuras missões tripuladas ao planeta vermelho; além das consequências para a Terra, em caso semelhante. 

Veículos exploradores e aqueles situados na órbita do planeta vizinho constataram uma série de tempestades solares e ejeções de massa coronal. Esses fenômenos resultaram em auroras marcianas e fornecem dados valiosos para os pesquisadores.

A tempestade solar de 20 de maio foi classificada como X12, uma das mais fortes, segundo dados do orbitador solar da Agência Espacial Europeia (ESA) e da NASA. A erupção solar enviou raios-X e gama em direção a Marte, seguidos por partículas carregadas de uma ejeção de massa coronal. Os raios-X e gama, viajando à velocidade da luz, chegaram primeiro, seguidos pelas partículas carregadas, em questão de minutos. 

Copernicus

Em um cenário mais próximo, o consórcio climático e ambiental europeu Copernicus assinalou, na semana passada, que o nosso planeta completou em maio 12 meses seguidos com aquecimento acima da média, o que é considerado um fato “alarmante”.

A sequência de 12 meses é a segunda mais longa já registrada, de acordo com dados do Serviço de Mudanças Climáticas Copernicus.

“É chocante, mas não surpreendente, que tenhamos atingido esta sequência de doze meses. A assinatura das alterações climáticas permanece e não há nenhum sinal à vista de uma mudança nesta tendência”, afirmou Carlo Buontempo, diretor do Serviço de Alterações Climáticas Copernicus, num comunicado. O cientista chefia o programa de clima do sistema europeu.

 

Recordes

O novo marco é ainda mais preocupante do que o alcançado em janeiro, que estabeleceu 2023 como o ano mais quente já registado desde o começo dos registros. Isso significa que o ano civil foi o mais quente em geral, com muitos – mas não todos – meses estabelecendo recordes. Agora, todos os meses, durante um ano consecutivo, foram os mais quentes já registrados.

 De acordo com o Copernicus, a temperatura média global em maio de 2024, o da maior catástrofe climática da história do Rio Grande do Sul, ficou 0,65°C acima da média de 1991–2020 e 1,52°C acima da média pré-industrial de 1850–1900, marcando o 11º mês consecutivo (desde julho de 2023) no qual a temperatura média global atingiu ou ultrapassou 1,5°C acima dos níveis pré-industriais, o que Acordo de Paris estabeleceu como objetivo fosse evitado.

Como consequência dos sucessivos recordes, a temperatura média global dos últimos 12 meses (junho de 2023 – maio de 2024) foi a mais alta já registrada, terminando o período 0,75°C acima da média de 1991–2020 e 1,63°C acima da média de 1850–2020.

 

Cientistas

O aquecimento da Terra completa 550 meses consecutivos em que a temperatura planetária ficou acima da média do século XX. Mas esta série ininterrupta de recordes históricos de temperatura a partir de junho de 2023 é incomum, desconcertante e preocupante, advertem os principais cientistas de renome mundial na área climática 

Embora seja um sistema de vital importância para o continente europeu, o Copernicus não conta, dessa vez, com o apoio de um importante sócio. A Suíça não participará do programa que monitora as mudanças climáticas de 2021 a 2027. A razão para isso é o estado tenso das finanças federais, de acordo com o governo, embora o Parlamento tenha votado favoravelmente à participação no programa de satélite.

A possibilidade de ingressar no programa a partir de 2028 seria examinada durante o período atual. 

com agências internacionais – de Cabo Canaveral, FL-EUA / CORREIO DO BRASIL 


Nome:

E-mail:

Comentário:

Cidade:


Comentários


Representações BirckFiltros Europa
Filtros EuropaRepresentações Birck